Bronquite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1770 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO PLINIO LEITE
CURSO DE ENFERMAGEM





CYNTHIA MARTINS MENDES
DANIELLE GEOVANA DE SANT’ANA CARDOSO
ELAINE MARTINS
PHILIPE DACLER
MARIA IVONETE FERNANDES
NAYARA PORFIRIO
NATHÁLIA SILVA FERREIRA



BRONQUITE







Niterói
2012
CYNTHIA MARTINS MENDES
DANIELLE GEOVANA DE SANT’ANA CARDOSO
ELAINE MARTINS
PHILIPE DACLER
MARIA IVONETE FERNANDESNAYARA PORFIRIO
NATHÁLIA SILVA FERREIRA







BRONQUITE









Niterói
2012

Introdução


A bronquite pode ser considerada uma DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) dependendo do seu tipo, ela acomete os brônquios causando inflamação e edema dificultando assim a passagem do ar. Trata-se de uma doença que pode se desenvolver de forma aguda ou crônica, como possui sintomasmuito inespecíficos pode ser facilmente confundida com outras doenças por isso o médico ao examinar o paciente deve estar atento a todos os sinais e sintomas e atentar para necessidade da realização de exames complementares para que o diagnóstico correto seja realizado.
Uma informação importante a ser ressaltada é a existência de uma grande dúvida e até mesmo divergência entre médicos e tambémentre pacientes sobre a questão da diferenciação de asma e bronquite. Não raramente essas doenças são confundidas por muitos porém são bem diferentes entre si e necessitam de tratamentos específicos.
O presente trabalho pretende esclarecer dúvidas e oferecer informações importantes a respeito da bronquite. Através do conhecimento da doença é possível realizar o tratamento correto e amenizar ascrises e os problemas relacionados a ela. Estar atento a fatores que previnem ou minimizam os sintomas também é de suma importância para que o portador da bronquite seja ela aguda ou crônica tenha uma melhor qualidade de vida.














1. Bronquite


Nosso aparelho respiratório é composto pelas fossas nasais, faringe, laringe, traquéia, brônquios, bronquíolos e alvéolos (ondeé realizada a troca gasosa). Na bronquite ocorre justamente uma inflamação nos brônquios (que é responsável por receber o ar que vem da traquéia e repassá-lo para os pulmões através da sua ramificação para o pulmão direito e esquerdo). A inflamação dos brônquios se instala quando os minúsculos cílios que revestem o interior dos brônquios param de eliminar o muco presente nas vias respiratórias.Esse acúmulo de secreção faz com que eles fiquem permanentemente inflamados e contraídos a esse processo dá-se o nome de bronquite.
A bronquite pode ser aguda ou crônica. A diferença consiste na duração e agravamento das crises, que são mais curtas (uma ou duas semanas) na bronquite aguda, enquanto, na crônica, não desaparecem, pioram pela manhã e se manifestam por três meses ou mais durante pelomenos dois anos consecutivos.



1.1. Bronquite Aguda


A bronquite aguda é causada geralmente por vírus, embora, em alguns casos, possa ser resultado de uma infecção bacteriana. As crises também podem ser desencadeadas pelo contato com vários tipos de poluentes. O cigarro é o principal responsável pelo agravamento da doença. Certas substâncias que irritam os pulmões e passagens de ar elevamo risco para bronquite aguda. Por exemplo, inalar fumaça de cigarro, ar poluído, poeira ou vapores pode aumentar o risco de bronquite aguda. Esses irritantes dos pulmões também podem tornar os sintomas de bronquite aguda piores.






1.2. Bronquite Crônica


A bronquite crônica aumenta o risco de outras infecções respiratórias, particularmente o da pneumonia. A doença pode instalar-secomo extensão da bronquite aguda, mas a principal causa da doença é a fumaça do cigarro. Por ser uma enfermidade rara entre os não fumantes, é conhecida também por “tosse dos fumantes”. Ela afeta pessoas de todas as idades, mas, geralmente, aquelas com mais de 45 anos.
A bronquite crônica surge, na maioria dos casos, após 20 a 30 anos de exposição das vias aéreas (brônquios) a irritantes como...
tracking img