Briefing criativo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3456 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Briefing Criativo
Grupo J


ÍNDICE
Introdução

3

Mercado

4

História

5

Produto

6

Concorrência

9

Posicionamento

10

Campanha

11

Target

12

Mensagem - Chave

15

Orçamento

16

Conclusão

17

Anexos

18

INTRODUÇÃO
A sociedade moderna actual exubera marcas,
produtos e serviços. Aparecem e desaparecem
e só permanecem as maisfortes. Torna-se essencial criar elementos de distinção que permitam
ao consumidor optar por um em detrimento do
outro. Neste âmbito, o briefing proposto vem introduzir um novo conceito gastronómico às cozinhas
portuguesas: massas aromáticas. Massas com sabores e aromas distintos, característicos e já conhecidos por todo o mundo. Com o lançamento
de um novo produto, justifica-se a concepção de
umanova embalagem, que represente, esteticamente, o esparguete, e permita, ao consumidor,
percepcionar a personalidade do produto. Esta
embalagem surgirá numa tendência ecológica
crescente com materiais reciclados e recicláveis
(novamente). Breves pesquisas indicam que a
aplicação de produtos reciclados é benéfica, no
sentido de utilizar menos recursos finitos, com a
mais-valia de poderem sernovamente reciclados
e reutilizados.
O briefing vem responder a várias necessidades
impostas por tendências, pessoas, organizações
e implementar conceitos essenciais que caracterizam a atitude green e o século XXI.

3

1. MERCADO
O mercado das massas em Portugal tem vindo
a desenvolver-se de uma forma mais lenta, em
comparação a outros mercados. Desde sempre,
massas são associadas aItália e aos restaurantes
italianos. Com a convergência de culturas, cada
vez mais, são abaladas as barreiras gastronómicas (e as cadeias de fast food são o melhor exemplo. Podemos, em Portugal, comer iguarias
mexicanas). No entanto, em relação às massas,
existe um pensamento mais recto e as receitas
são sempre as mesmas: esparguete à bolonhesa,
tagliatelle à carbonara, caneloni e lasanha.Recentemente, os restaurantes italianos, e não
só, começaram a explorar outro tipo de misturas
e arriscam mais na sua divulgação: esparguete
com gambas, esparguete com cogumelos, esparguete com choco. Uma lista de um sem número de receitas. Desta forma, e com a mudança
dos hábitos alimentares portugueses, e das sociedades modernas, pretende apostar-se numa estratégia inovadora, simplista,distinta e moderna.
A marca Milaneza é uma referência nacional,
com preços relativamente baixos para a qualidade proposta (0,65€ por 500 gr. de esparguete).
Numa altura em que poupar é que está a dar,
propomos uma fusão de sabores: o trigo do esparguete com o exotismo das especiarias e condimentos de todo o mundo. Do caril ao pesto, da
pimenta ao alho, queremos transportar o consumidor a um outronível de saborear a comida, de
certa forma, dar a experimentar sabores que, comummente em Portugal, não se conjugam.

4

2. HISTÓRIA
1933
1958
1960

1980

1986
1994

2002

2003

É lançada, em Portugal, a marca Milaneza. Com
a melhor tecnologia e equipamentos, mantém,
desde sempre, uma qualidade líder.
A marca diversifica-se e entra para o mercado da
panificação; inaugura aprimeira fábrica de panificação em Portugal.
É lançado o primeiro pão de forma português fatiado e embalado.
A marca sentiu os problemas e transformações
profundas que iriam surgir com a adesão de Portugal à União Europeia. Iniciaram uma larga operação de renovação e modernização, com a
redefinição da marca - embalagem e logótipo.
Atingiram uma dimensão e lugar de destaque no
mercado.Determina a liderança da Milaneza no mercado
das massas alimentícias em Portugal, o que jusitificou a alteração do logótipo.
Cria-se o logótipo que subsiste até aos dias de
hoje.
Tendo em conta a evolução dos estilos de vida
e da demografia, que trouxeram grandes alterações nos hábitos alimentares dos portugueses,
começam a preferir produtos alimentares de fácil
e rápida preparação e uma...
tracking img