Biomateriais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1826 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO DE FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS



[pic]


Leopoldina-MG 2013



[pic]


















Alunos: Mateus Valverde
Rhuan Netto
Vinicius Alves
Marco A. Salgueiro


Professor: Sandro Aloísio Matilde
Série: 1º MEC NoturnoDisciplina: Ciência dos Materiais














Leopoldina, 18 de março de 2013








Trabalho apresentado junto a disciplina de Ciência dos Materiais, referente ao tema Biomateriais , ao professor Sandro Matilde, como requisito a um dos conceitos do 4º Bimestre











































Índice




-Capa
- Contracapa
- Biomateriais
. Introdução
. Desenvolvimento
- Bibliografia
















































BIOMATERIAIS
Há evidências arqueológicas de que os seres humanos vêm tentando substituir partes danificadas do corpo humano por materiais estranhos ao corpo há vários milênios. Um dosprimeiros casos de implante relatados data do século XVI e está relacionado ao emprego de placas de ouro na recuperação do osso do palato, um defeito craniano, e desde então tem-se usados os implantes para a substituição de partes danificadas do corpo humano, que perderam totalmente ou parcialmente suas funções, devido a doenças degenerativas ou acidentes.
A utilização de novas técnicas de análisesclínicas tais como ressonância magnética e tomografia computadorizada, auxilia na identificação das causas que levaram à perda das funções. Entretanto, identificar a causa (ou causas) do problema não é suficiente. É preciso que se tome uma ação corretiva que permita a recuperação da função perdida, de tal forma que o paciente possa voltar a viver uma vida normal.
Surge agora a questão da escolhados materiais com os quais vão ser feitos os implantes. Há fundamentalmente dois aspectos a serem considerados nessa escolha, ser compatíveis com o meio no qual serão implantados (ser aceito pelo meio) e permitir a recuperação da função (ser funcional). De uma forma genérica, podemos dizer que esses materiais são denominados biomateriais.
Existem diversas definições que foram sendo modificadas aolongo do tempo ou definidas de modo diverso por autores diferentes. Citando a definição da Conferência de Consenso da Sociedade Européia de Biomateriais realizada em março de 1986, em Chester-Inglaterra, os biomateriais podem ser definidos como substâncias de origens naturais ou sintéticas que são toleradas, de forma transitória ou permanente pelos diversos tecidos dos organismos dos seres vivos.Eles são utilizados como um todo ou parte de um sistema que trata, restaura, ou substitui algum tecido, órgão ou função do corpo, ou ainda como um material não biológico utilizado em um dispositivo médico, com a intenção de interagir com os sistemas biológicos.
De acordo com a origem, os biomateriais podem ser classificados como naturais e sintéticos. Os biomateriais naturais são: colágeno,cartilagens, ossos, quitosana, corais, etc. Os biomateriais sintéticos são: metais e suas ligas, polímeros, cerâmicos e compósitos.
Para um material ser caracterizado como um biomaterial ideal, seja do tipo metálico, polimérico, cerâmico ou compósito, ele deve apresentar as seguintes propriedades: biocompatibilidade, biofuncionalidade, propriedades mecânicas, resistência à corrosão e seresterilizável.
A biocompatibilidade pode ser definida como a habilidade de um material ter um desempenho satisfatório, quando em contato com o organismo vivo, com resposta apropriada do tecido hospedeiro, numa dada aplicação. Ou seja, o termo bicompatibilidade envolve dois fenômenos associados: o material de implante não pode ser afetado pelo meio fisiológico e o organismo (órgãos e tecidos locais ou...
tracking img