Biofisica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1128 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DEFICIÊNCIA MENTAL

MARCELINO E VERUSKA

1

DEFICIÊNCIA MENTAL-DEFINIÇÃO


Funcionamento intelectual geral significativamente abaixo da média, oriundo do período de desenvolvimento, concomitante com limitações associadas a duas ou mais áreas da conduta adaptativa ou da capacidade do indivíduo em responder adequadamente às demandas da sociedade

MARCELINO E VERUSKA

2 DEFICIÊNCIA MENTAL



São vários os tipos de deficiência mental. Não se deve confundir a doença mental com a deficiência mental

MARCELINO E VERUSKA

3

DEFICIÊNCIA MENTAL


É importante ressaltar que muitas vezes não é possível, ainda, estabelecer com clareza a causa da deficiência mental, mas alguns fatores que podem dar origem a casos de deficiência mental podem ser apontados:

  Causas Pré Natais Causas perinatais Causas pós-natais

MARCELINO E VERUSKA

4

DEFICIÊNCIA MENTAL- Causas Pré Natais
Estes fatores incidem desde a concepção do bebê até o início do trabalho de parto: Desnutrição materna;




 

Má assistência médica à gestante;
Doenças infecciosas: sífilis, rubéola, toxoplasmose; Fatores tóxicos: alcoolismo, consumo de drogas, efeitoscolaterais de remédios (medicamentos teratogênitos afetam a estrutura e o desenvolvimento da anatomia), poluição ambiental e tabagismo; Fatores genéticos: alterações cromossômicas (numéricas ou estruturais), ex. : síndrome de Down, síndrome de Martin Bell alterações gênicas, como erros inatos do metabolismo (fenilcetonúria) síndrome de Williams, esclerose tuberosa, etc.
MARCELINO E VERUSKA 5

 DEFICIÊNCIA MENTAL- Causas perinatais
Estes fatores incidem do início do trabalho de parto até o 30º dia de vida do bebê:
  

má assistência ao parto e traumas de parto; hipóxia ou anóxia (oxigenação cerebral insuficiente); prematuridade e baixo peso (PIG - Pequeno para Idade Gestacional); icterícia grave do recém nascido - kernicterus (incompatibilidade RH/ABO).



MARCELINO E VERUSKA6

DEFICIÊNCIA MENTAL- Causas pós-natais
Estes fatores incidem do 30º dia de vida do bebê até o final da adolescência.


desnutrição, desidratação grave, carência de estimulação global;




infecções: meningoencefalites, sarampo, etc;
intoxiações exógenas (envenenamento) por remédios, inseticidas, produtos químicos (chumbo, mercúrio);



acidentes: trânsito, afogamento, choqueelétrico, asfixia, quedas, etc;
infestações: neurocisticircose (larva da taenia solium, popularmente chamada de solitária).



MARCELINO E VERUSKA

7

DEFICIÊNCIA MENTAL




O atraso no processo de desenvolvimento dos portadores de deficiência mental pode ser constatado no nível neuro-psicomotor, quando a criança demora para firmar a cabeça, sentar, andar, falar, dificuldade noaprendizado escolar. Mas, é preciso que haja vários sinais para que se suspeite de deficiência mental e, de modo geral, um único aspecto não pode ser considerado indicativo de qualquer deficiência.

MARCELINO E VERUSKA

8

DEFICIÊNCIA MENTAL-AVALIAÇÃO
 

 

 

A avaliação da pessoa deve ser feita considerando sua totalidade. O assistente social fará o diagnóstico familiar, dadinâmica de relações, da situação da pessoa na família, aspectos de aceitação ou não das dificuldades da pessoa, analisará os aspectos sócio-culturais. O médico, por sua vez, procederá ao exame físico e recorrerá a avaliações laboratoriais ou de outras especialidades. O psicólogo, através da aplicação de testes, provas e escalas avaliativas especificas, avaliará os aspectos psicológicos e o nívelda deficiência mental Nesse caso, serão analisados os aspectos biológicos e psiquiátricos. Mesmo assim, o diagnóstico é muitas vezes difícil.

MARCELINO E VERUSKA

9

Diagnóstico da deficiência mental
Características da criança com deficiência mental  Podemos dividir os sinais apresentados por essas crianças em quatro áreas:  Área motora  Área Cognitiva  Área da Comunicação  Área...
tracking img