Bioenergia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1626 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE UBERABA

FRANCO CARVALHO BOTELHO
HUGO NALINE NETO
JULIAN RANIERI SANTOS ALMEIDA
LIDIANE MARCIA P. DE MELO
ROGERIO CORREIA
TATIANE DE MELO
WELINGTON SILVA FERREIRA

BIOENERGIA

UBERABA – MG
2010
FRANCO CARVALHO BOTELHO
HUGO NALINE NETO
JULIAN RANIERI SANTOS ALMEIDA
LIDIANE MARCIA P. DE MELO
ROGERIO
TATIANE DE MELO
WELINGTON SILVA FERREIRA

BIOENERGIATrabalho apresentado à Universidade de Uberaba, como parte das exigências da disciplina de Introdução a Engenharia do 1º Período dos Cursos de Engenharias.

Orientador: Prof. José Roberto Almeida

UBERABA – MG
2010

SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO 3
2. OBJETIVO 3
3. JUSTIFICATIVA 3
4. DESENVOLVIMENTO 3
5. CONCLUSÃO 3
6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 3
7.ANEXOS 3

1. INTRODUÇÃO
A cana deaçúcar é uma das culturas agrícolas mais importantes do mundo tropical, gerando centenas de milhares de empregos diretos.É uma importante fonte de renda e desenvolvimento.
O setor sucroalcooleiro brasileiro despertou o interesse de diversos países, principalmente pelo baixo custo de produção de açúcar e álcool. Este último tem sido cada vez mais importante por nações de primeiro mundo, que visamreduzir a emissão de poluentes na atmosfera e a dependência de combustível fóssil.
Hoje o Brasil é o principal produtor de cana de açúcar do mundo, com a maior produção de álcool, sendo aproximadamente 15 bilhões de litros por ano, isso corresponde a 30% da produção mundial. Seus produtos são largamente utilizados na produção de açúcar e álcool combustível. Com uma tecnologia avançada conseguereduzir o custo da produção e o álcool se torna competitivo com a gasolina.

2. OBJETIVO
O trabalho tem como objetivo explorar como é retirado as energias da cana de açúcar, seus processos e benefícios.

3. JUSTIFICATIVA
O setor de energia da cana de açúcar vem aumentando consideravelmente, por ter uma preocupação com o meio ambiente. Ela vem sendo procurada não só por brasileiros maistambém por estrangeiros.
Para ele, além das vantagens ambientais, cria-se uma terceira fonte de renda bastante significativa para os produtores de açúcar e álcool.
Se tratando dessa evolução, a uma motivação grande pela necessidade de aumentar a oferta de energia, política de agregar novas fontes à matriz energética e aproveitar o potencial pouco explorado, considerando esse setor de grandeimportância para esse trabalho.


4. DESENVOLVIMENTO
4.1 ENERGIA DA CANA DE AÇUCAR
A cana-de-açúcar é a segunda maior fonte de energia renovável do Brasil com 12,6% de participação na produtividade energética atual do país, considerando-se o álcool combustível e a cogeração a de energia elétrica, a partir do bagaço de cana. Dos 6 milhões de hectares, cerca de 85% da cana-de-açúcar produzida noBrasil na região Centro-Sul (concentrada em São Paulo, com 60% da produção) e os 15% restantes na região Norte-Nordeste. Figura [ 1 ] - Moeda Extração do Caldo

A produção do álcool (etanol) na maioria das usinas de cana-de-açúcar, o mel (final) que é resíduo da fabricação do açúcar é utilizado como matéria prima, e em outras usinas o caldo da cana é totalmente destinado para a produção do álcool(etanol). É um processo bastante simples, no primeiro caso o rendimento será mais baixo porque o mel que vem da fábrica de açúcar é pobre em sacarose, no segundo caso conseguimos já uma produção maior, devido o caldo da cana ser diretamente usado no processo de fermentação. O c aldo é extraído através da moagem (feita em moendas) depois ele passa por um processo de decantação, em seguida jáaquecido entrará em um processo de evaporação, onde será um pouco concentrado, depois é destinado ao processo de fermentação em dornas, o tempo estimado como ideal para uma fermentação de qualidade é de 9 horas, onde vamos obter um vinho com 10% de teor alcoólico, esse vinho é enviado para um aparelho de destilação que é composto de duas colunas, na primeira coluna através da entrada de vapor...
tracking img