Berhaviorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4068 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Unidade: Behaviorismo
Unidade I:

0

Unidade: Behaviorismo
O termo Behaviorismo foi inaugurado por John Broadus Watson (18781958) em seu artigo intitulado “Psicologia: como os behavioristas a veem”. Behavior é termo do idioma inglês, que traduzido para a Língua Portuguesa significa comportamento. Assim sendo, no Brasil, outras denominações do

Behaviorismo são: Comportamentalismo, TeoriaComportamental, Análise Experimental do Comportamento, Análise do Comportamento e Psicologia Experimental: embora o termo Behaviorismo seja o mais utilizado (BOCK, FURTADO e TEIXEIRA, 2005). Ao tratar de Behaviorismo, dois pensadores merecem destaque: Watson e Skinner. O primeiro, Watson, é considerado o porta-voz da abordagem

Behaviorista. Já Skinner é considerado o principal autor dessaabordagem. A distinção do pensamento desses dois estudiosos se assemelha a distinção da abordagem entre o chamado Behavorismo Metodológico e o Behaviorismo Radical, sobre as quais trataremos adiante. Antes de abordamos a distinção entre Behaviorismo Metodológico e Behaviorismo Radical, é importante compreendermos um pouco mais dos propósitos dessa escola da psicologia. O Behaviorismo surge natentativa de conferir à Psicologia status de ciência, postulando para a mesma um objeto de estudo “observável, mensurável, cujos experimentos poderiam ser reproduzidos em diferentes condições e sujeitos” (BOCK, FURTADO e TEXEIRA, 2005, p. 45). Tal

tentativa se dá como reação à abordagem mentalista que vigorava na época, a qual estudava o homem com base em estados e eventos mentais, utilizandoespecialmente a introspecção como método de análise.
Unidade: Behaviorismo

Skinner define o Behaviorismo como uma filosofia e não como uma ciência: “O Behaviorismo não é a ciência do comportamento humano, mas, sim, a filosofia dessa ciência. Algumas das questões que ele (o Behaviorismo)

propõe são: É possível tal ciência? Pode ela explicar cada aspecto do comportamento humano? Que métodos podeempregar? São suas leis

1

tão válidas quanto as da Física e da Biologia? Proporcionará ela uma tecnologia e, em caso positivo, que papel desempenhará nos assuntos humanos?...” (SKINNER, 1982, p. 7). A posição de Skinner ao definir o Behaviorismo como uma filosofia da ciência e não como uma ciência é importante à medida que evidência os questionamentos que a abordagem faz, bem como que a buscapelo conhecimento acerca do comportamento humano, não como algo pronto e acabado, mas um conhecimento em transformação. Para compreendermos mais desse questionamento e da evolução dessa filosofia da ciência, vale agora retomarmos a diferenciação entre Behaviorismo Metodológico e Behaviorismo Radical.

Behaviorismo Metodológico
Como já dito, Watson foi o porta-voz do Behaviorismo, rogando aocomportamento a posição de objeto de estudo da Psicologia e reagindo à abordagem mentalista que vigorava na época, mas o que isso quer dizer mais especificamente? Inicialmente, vamos analisar afirmação de Staats: “... antes do aparecimento do Behaviorismo, o método fundamental para a Psicologia era o da introspecção. Por algum tempo os psicólogos pensaram que a tarefa da psicologia era investigar osconteúdos, a estrutura e o funcionamento da mente, realizando o sujeito um autoexame e relatando a sua experiência (...) o comportamento animal era igualmente interpretado adotando-se o conceito de consciência humana.” (STAATS, 1980, p. 97).

Unidade: Behaviorismo

2

A teoria Behaviorista surge numa época em que as investigações na área da Psicologia eram feitas por meio da introspecção,porém, os Behavioristas Metodológicos acreditavam que o auto-exame não era método suficiente para conferir à Psicologia o caráter de ciência. Então, propõem que a Psicologia deve se ater apenas ao mundo objetivo, ao mundo real. a ciência Psicologia deveria estudar o mundo fora do sujeito. Ou seja,

Watson, assim

como os behavioristas da época, não ignorava os sentimentos, a emoção e nem a...
tracking img