Biocontrole

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2042 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fórum Nacional de Combate aos
Impactos dos Agrotóxicos

UM INSTRUMENTO DE
CONTROLE SOCIAL

COORDENAÇÃO: MPT e MPF

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS
CONSEA – BSB – 20 e 21 de setembro de 2012

“Impactos dos Agrotóxicos na Saúde e no Meio Ambiente frente às ações
de monitoramento”

CONCEITO DE MONITORAMENTO
Consiste em um conjunto de observações,
medições de parâmetros ouprovidências, de
modo continuo ou frequente, com objetivo de
controlar ou eliminar os efeitos indesejáveis.
FUNDAMENTO JURÍDICO - NORMA
INTERNACIONAL E NACIONAL

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS
CONSEA – BSB – 20 e 21 de setembro de 2012

“Impactos dos Agrotóxicos na Saúde e no Meio Ambiente frente às ações
de monitoramento”

AÇÕES DE MONITORAMENTO
- Requisitos de sua eficácia1. Visão sistêmica do problema:
(Saúde pública e ambiental, interesses socioeconômicos);
2. Desconstruir conceitos reducionistas:
(Uso Seguro e Culpa do Trabalhador)

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS
“Impactos dos Agrotóxicos na Saúde e no Meio Ambiente
frente às ações de monitoramento”

AÇÕES DE MONITORAMENTO
- Requisitos de eficácia 3. Alvos das Ações: alimentos, terra, água ear;
4. Atuação integrada:
(Sociedade, Agências reguladoras, Órgãos de fiscalização,
Legislativo, Ministério Público e Judiciário)
5. Deveres e Responsabilidades

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS
“Impactos dos Agrotóxicos na Saúde e no Meio
Ambiente frente às ações de monitoramento”
Vejamos o que disse a FAO em seu Comunicado No. 10/327 de
03/12/2010 (Santiago de Chile).
Conveniode Rotterdam: Monitoreo de plaguicidas es clave para la salud de
consumidores y trabajadores agrícolas
- Monitorear los plaguicidas y otros productos químicos peligrosos es
clave para proteger la salud de los trabajadores agrícolas y de los
consumidores, señaló hoy la Organización de las Naciones Unidas para la
Agricultura y la Alimentación (FAO).

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS“Impactos dos Agrotóxicos na Saúde e no Meio Ambiente
frente às ações de monitoramento”

Vejamos o que disse a FAO em seu Comunicado No. 10/327 de
03/12/2010 (Santiago de Chile).

"Los pequeños campesinos muchas veces no saben leer las
etiquetas o compran productos sin etiqueta, por lo que no
pueden evaluar los riesgos que corren. Además, pueden
aplicar las sustancias bajo condicionesclimáticas
desfavorables o no contar con el dinero para comprar el equipo
de protección necesario para cumplir los estándares de
seguridad,” explicó Gerold Wyrwal, representante de la
Secretaría del Convenio de Rotterdam.

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS
“Impactos dos Agrotóxicos na Saúde e no Meio Ambiente
frente às ações de monitoramento”

Vejamos o que disse a FAO em seu ComunicadoNo. 10/327 de
03/12/2010 (Santiago de Chile).

“Cuidar la salud pública y el medio ambiente.
Uno de los objetivos de la FAO es intensificar la producción
agrícola, pero esto debe ser hecho de manera sostenible y
amigable, tanto con el medio ambiente como con la salud
de las personas.
La implementación del Convenio de Rotterdam y otros
instrumentos internacionales son elementosimportantes para
garantizar dicha protección.”

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS
“Impactos dos Agrotóxicos na Saúde e no Meio Ambiente
frente às ações de monitoramento”

O FÓRUM NACIONAL COMO INSTRUMENTO DE
CONTROLE SOCIAL
OBJETIVO PRINCIPAL

Proporcionar, em âmbito nacional, o debate das questões
relacionadas aos agrotóxicos e produtos afins, que resulte em
ações concretas de tutela àsaúde do trabalhador, do consumidor e
ao meio ambiente ante aos impactos causados por tais produtos,
numa perspectiva de desenvolvimento sustentável.

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS
“Impactos dos Agrotóxicos na Saúde e no Meio Ambiente
frente às ações de monitoramento”

AÇÕES PRÓ MONITORAMENTO DOS
AGROTÓXICOS

1. Promoção do direito à informação;
2. Criação de Fóruns...
tracking img