Ben&jerry's

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7649 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Ben&Jerry’s – All Natural

Vivemos, actualmente, num mundo de constantes mudanças, num mundo cada vez mais globalizado, em que os meios de comunicação não param de crescer e as inovações da ciência dão novos frutos em cada dia que passa. E é também um mundo onde cadavez mais as questões ambientais são para ser encaradas com seriedade, pois é necessário evoluir em harmonia com o meio ambiente, num clima de desenvolvimento sustentável, de modo a tentar evitar as várias formas de poluição provocadas pela acção humana, que atingiram valores exorbitantes nas últimas décadas.
É neste contexto que surge este trabalho. A Ben&Jerry’s, empresa americanapertencente ao ramo do comércio de gelados, nasce a 5 de Maio de 1978, numa pequena loja de gelados em Burlington, Estados Unidos da América, com o nome Ben & Jerry’s Homemade Ice Cream Parlor, pelas mãos de Ben Cohen e Jerry Greenfield. Esta empresa tem como principais valores, desde o seu surgimento, a defesa de um comércio justo e amigo do ambiente.
O nosso trabalho consiste no desenvolvimento deum plano de marketing da empresa Ben&Jerry’s e criar uma nova segmentação, para a promoção de um novo produto, cujo conceito de desenvolvimento tenha como base uma produção ecológica.
O plano de marketing a desenvolver será composto pelo enquadramento da empresa, seguido depois pela análise SWOT, que nos ajudará a perceber o ambiente interno e externo afectos à empresa, segmentação da empresae, finalmente, análise do sector onde se insere a empresa escolhida.

Análise de Mercado Respeitante ao Sector Escolhido

Para uma boa compreensão, análise e estudo de qualquer empresa, é importante conhecermos o sector onde a mesma se insere e qual a situação de mercado do mesmo. Como tal, é importante começar por fazer uma análise do sector onde a Ben&Jerry’s se insere, em Portugal, e deoutros sectores que o possam influenciar directa ou indirectamente, sendo este o sector alimentar na área dos gelados.
O produto em si é consumido sazonalmente, sendo que nas épocas de maior calor atinge o seu maior pico de consumo, o que influencia não só a sua distribuição, como também uma evolução inconstante de vendas e consumo. O ano de 2007 registou-se como um ano fraco, pois astemperaturas mostraram-se abaixo da média. Ainda assim, e apesar de ter registado uma aumento das temperaturas, o ano de 2008 registou uma queda de 8,2% face a 2007, de acordo com o painel de lares da TNS Worlpanel, no que diz respeito ao consumo feito em casa. Esta quebra de vendas poderá estar associada ao aumento de preços de outros produtos alimentares considerados essenciais e, sendo o geladoconsiderado como um bem de “luxo” e não um bem essencial, terá sido posto mais vezes de parte da lista de compras dos consumidores.
Ainda assim, o mercado dos gelados não deixa de ser um dos mais disputados entre fabricantes e marcas de distribuição, sendo que as marcas de distribuição possuem 67,5% da categoria, segundo o painel de lares da TNS Worldpanel.
Em relação ao perfil de compradores dosgelados, verifica-se que no primeiro semestre deste ano, de acordo com o Life Stages da TNS, os reformados foram os que compraram mais gelados de marcas dos fabricantes, representando 77% em volume das vendas, seguidos dos adultos independentes e casais adultos sem filhos que representaram 74% da categoria das marcas de distribuição. Cerca de 42% dos casais com filhos crescidos compraram marcas defabricantes, seguidos dos jovens independentes e casais jovens sem filhos, nessa categoria.
Passando agora à análise do sector da alimentação e bebidas, este evidenciou, no primeiro trimestre de 2009, estabilidade do consumo, com previsões de algum crescimento para o resto do ano. Em termos percentuais, o crescimento foi de 8% num total de 54% das empresas de alimentação e bebidas, segundo um estudo...
tracking img