Behaviorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1486 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RESPOSTAS DO EXERCICIO SOBRE O BEHAVIORISMO
1°) O americano John B. Watson, em artigo publicado em 1913, que apresentava o título “Psicologia: como os behavioristas a veem”. O termo inglês behavior fica “comportamento”; por isso, para denominar essa tendência teórica, usamos Behaviorismo, tendo como tendências teóricas o Comportamentalismo, Teoria Comportamental, Análise Experimental doComportamento, Análise do Comportamento.
2°) O “comportamento” caracterizado como um objeto observável, mensurável, cujos experimentos poderiam ser reproduzidos em diferentes condições e sujeitos.
3°) Segundo Watson, a pesar do “comportamento” ser colocado como objeto da psicologia, o behaviorismo foi modificando o sentido desse termo, ou seja segundo ele não se entende comportamento como uma açãoisolada de um sujeito, mas, sim como uma interação entre aquilo que o sujeito faz e o ambiente onde o seu “fazer” acontece. Assim Estímulo e resposta são portanto as unidades básicas da descrição e o ponto de partida para uma ciência do comportamento. O homem começa a ser estudado como produto do processo de aprendizagem pelo qual passa desde a infância, ou seja, como produto das associaçõesestabelecida durante sua vida entre estímulos (do meio) e respostas (manifestações comportamentais).

4°) Foi B. F. Skinner o mais importante dos behavioristas que sucedem Watson(1904-1990), no inicio dos anos 30, na Universidade de Harvard nos EUA, começou o estudo do comportamento justamente pelo comportamento respondente, que se tornaria a unidade básica de analise, ou seja, o fundamento para adescrição das interações indivíduo-ambiente.

5°) São interações estímulo-resposta (ambiente-sujeito) incondicionadas, e o que usualmente chamamos de “não-voluntário” e inclui as respostas que são eliciadas “produzidas”) por estímulos antecedentes do ambiente. Como exemplo, podemos citar a contração das pupilas quando uma luz forte incide sobre os olhos, a salivação provocada por uma gota de limãocolocada na ponta da língua, o arrepio da pele quando um ar frio nos atinge, as famosas “lágrimas de cebola” etc.
6°) A traves dos reflexos, ou seja, quando estímulos não aliciados são temporalmente pareados com estímulos eliciadores podem, em certas condições, eliciar respostas semelhantes ás destes, sendo assim o organismo que não era condicionado passou a ser, respondendo a estímulos que antes nãorespondia.
Exemplo: quando em uma sala aquecida, sua mão direita seja mergulhada numa vasilha de água gelada. A temperatura da mão cairá rapidamente devido ao encolhimento ou constrição dos vasos sangüíneos, caracterizando o comportamento como respondente. Esse comportamento será acompanhado de uma modificação semelhante, e mais facilmente mensurável, na mão esquerda, onde a constrição vasculartambém será induzida. Suponha, agora, que a sua mão direita seja mergulhada na água gelada um certo número de vezes, em intervalos de três ou quatro minutos, e que você ouça uma campainha pouco antes de cada imersão. Lá pelo vigésimo pareamento do som da campainha com a água fria, a mudança de temperatura nas mãos poderá ser eliciada apenas pelo som, isto é, sem necessidade de imergir uma das mãos.7°) Segundo nos diz Keller,( ”inclui todos os movimentos de um organismo dos quais se possa dizer que, em algum momento, têm efeito sobre ou fazem algo ao mundo em redor”). O comportamento operante opera sobre o mundo, por assim dizer, quer direta, quer indiretamente. O comportamento operante abrange um leque amplo da atividade humana dos comportamentos do bebê de balbuciar, de agarrarobjetos e de olhar os enfeites do berço aos mais sofisticados, apresentados pelo adulto.
Exemplo: quando um tocador tocar seu instrumento ele tá operando um comportamento que tem efeito sobre o mundo.

8°) Através da ação do organismo sobre o meio e o efeito dela resultante, a satisfação de alguma necessidade, ou seja, a aprendizagem esta na relação entre uma ação e seu efeito.
Exemplo: pense no...
tracking img