Bedzed

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2603 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DESLIZAMENTO DE ENCOSTAS E EROSÃO

INTRODUÇÃO

O processo de urbanização brasileira ocorreu de forma intensa e desigual. A oportunidade de viver com qualidade nas nossas cidades não se apresenta da mesma forma para todos, o que leva grande parte da população menos favorecida a ocupar áreas impróprias para a moradia, que oferecem, por sua vez, riscos à vida, especialmente nas encostas emargens de rios. Como conseqüência, temos uma grande parte da população vulnerável à ocorrência de acidentes envolvendo danos materiais e vítimas fatais.
O deslizamento é um fenômeno natural, responsável pela transformação da superfície terrestre, porém, algumas formas de uso de solo realizadas pelo homem potencializem esse fenômeno.
A ocupação desordenada de uma encosta é um exemplo de ocupaçãoindevida associada à ocorrência de deslizamentos desastrosos.
É nas áreas urbanas que a ocupação e a concentração humana ocorrem de forma intensa e muitas vezes desordenadas. Estes locais são alvos de freqüente desmatamento, deslizamento, erosão, assoreamento dos canais fluviais, dentre outros problemas relacionados às gradativas transformações antrópicas (GUERRA e GONÇALVES, 2001).
Paralelamente àexplosão demográfica mundial e ao aumento da população que vive em favelas, existe o aquecimento global, decorrente das emissões dos gases causadores do efeito estufa.
O relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças do Clima (IPCC) prevê que o aquecimento do planeta possa provocar períodos de instabilidade climáticas levando a ocorrência de seca e períodos de chuva mais intensas, além dederretimento de geleiras, elevação dos níveis dos oceanos, com impactos negativos nas cidades litorâneas e na agricultura.

A ocupação irregular de espaços vazios de morros, margens de rios e áreas alagadiças, torna-se um grave problema em épocas de chuvas torrenciais, que podem provocar episódios de deslizamentos e alagamentos. Nestes períodos ocorrem perdas humanas e materiais devido à faltade um planejamento urbano, principalmente voltado às classes populares de baixa renda (AZEVEDO E CARDOSO, 2008). Moradores de favelas são mais vulneráveis aos desastres provocados pelas mudanças de clima, devido à falta de recursos para enfrentar os problemas de moradias e a dificuldade de acesso a serviços públicos.
No caso das encostas ocupadas irregularmente, por exemplo, uma vez ocorrido umdeslizamento de terra, seus desdobramentos podem afetar os locais situados a jusante do morro afetado, gerando mortes, problemas de drenagem no entorno da comunidade, doenças de veiculação hídrica, além de prejuízos aos cofres públicos.

OCUPAÇÃO DE ÁREAS VULNERÁVEIS POR ASSENTAMENTOS INFORMAIS

A falta de moradias de baixo custo nas áreas formais das cidades faz com que as pessoas de baixopoder aquisitivo ocupem assentamentos informais em encostas sujeitas a deslizamento, ou em área ribeirinhas, locais alagadiços, lugares expostos a inundação, etc. a ocupação irregular compromete e agrava a situação existente nestes sítios, levando a um quadro de alta vulnerabilidade e riscos.

CONCEITO DE VULNERABILIDADE

Os impactos das mudanças climáticas são sentidos de forma diferente nasdiversas regiões do planeta, pois a vulnerabilidade varia de acordo com o tempo, a localização geográfica, as condições sociais, econômicas, infra-estruturais e ambientais de cada lugar. Existem diversas definições de vulnerabilidade.

EXEMPLOS DE ÁREAS VULNERÁVEIS EM DIVERSAS REGIÕES DO BRASIL.

Pode-se observar na figura acima a ocupação irregular em área ribeirinha cuja vulnerabilidade estáassociada à inundação do rio. Isso porque, neste caso, as casas estão situadas nas margens de um rio que, em dias de chuvas torrenciais, pode transbordar, destruindo moradias e podendo gerar doenças hídricas pela mistura das águas pluviais com esgoto e lixo despejados pelos próprios moradores.

RISCOS EM ÁREAS DE ENCOSTA OCUPADAS IRREGULARMENTE
A intervenção urbanística em assentamentos...
tracking img