Batista bastos - secreto adeus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1152 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O SECRETO ADEUS é uma obra literária que fala da vida, de coisas concretas ouras talvez não, do movimento de experiências vividas, dos nossos sonhos e contradições. Como todas as obras de Baptista-Bastos, esta também pretende fazer pensar e tornar-se numa obra útil.. Aqui, o livro pretende fazer entender as coisas, transformar a solidão em revolta.. Exprime-se aqui um testemunho de desencanto.Esta obra é sinal e indício desse grande desequilíbrio entre o poder e a sabedoria, encorpando em si uma concepção de protesto como uma actividade cívica do homem . Este livro, feito de palavras, é o reflexo de uma época. As palavras e os actos completam-se. Porque as palavras possuem força e honra. Uma obra literária faz-se com palavras, que, necessariamente são actos. O autor, um homemconhecedor do comportamento humano, usa uma linguagem simples mas objectiva, a frase é dotada de uma elegância enorme, carregada de perfume e suavidade, umas vezes atrevida outra romântica, mas que cativam sempre. A beleza é uma preocupação do autor, quer seja numa mulher quer seja numa tela de Picasso. O belo também pode existir no culminar de uma vida e a morte pode conter beleza se a vida foi digna.Sempre a honra nas atitudes, sempre a exigência da cabeça levantada, sempre o olhar em frente mas também sempre a dúvida.. “Nunca haverá instantes serenos de beleza.” diz o autor. E é nesta suavidade de imagens que nos enche a alma de pequenas coisas grandes e nos transporta para outra galáxia, onde a paisagem é sublime e onde nunca se morre, porque só morre quem está desactualizado. E nessagaláxia onde o autor nos leva é sempre manhã radiosa e solarenga. Quer beber uma pinga de aguardente? Pergunta o autor no contexto de uma outra vida, de uma outra galáxia, tipo menino sem condição, irmão de todos os nus, tira os olhos do chão vem ver a luz do José Afonso. Nesta obra todos temos lugar. Que é como quem diz, neste Mundo. Mas que lugar é esse?... É o autor quem diz: “Todos os dias, duranteanos e anos: guerras, terramotos, matanças organizadas”.. É este o local onde se escreve, onde se luta, onde se sobrevive. E onde as condições escasseiam. Você reza?...pergunta? Nunca. Não sei rezar, responde E é neste intervalo que se situa a coragem de viver, a garra para fintar os desafios que nos surgem pela frente em todas as estações do ano e em todas as latitudes e comprimentos de onda . .“Mas também devo dizer-lhe que em cada homem coabita outro homem”... diz o autor. Toda a vida é um processo de demolição. A vida é uma constante surpresa, uma esquina ao virar da qual se pode enfrentar tudo, diz o autor ainda.. È esta a obra que vos recomendo. SOUSAFARIAS

Fonte: http://pt.shvoong.com/books/1762572-secreto-adeus/#ixzz1NqdrBze9-------------------------------------------------

Estudou na Escola de Artes Decorativas António Arroio e no Lycée Français Charles Lepierre, em Lisboa. Iniciou a sua carreira profissional na redacção de O Século passando, de seguida, a subchefe de redacção de O Século Ilustrado. Foi redactor de outros jornais, como O Diário, República, Europeu, Almaque, Seara Nova, Gazeta Musical e Todas as Artes, Época, Sábado e Diário Popular, ondepermaceu por duas décadas. Foi correspondente da agência France-Presse, em Lisboa. Assinou ainda várias colunas no Jornal de Notícias, A Bola, Tempo Livre e, como crítico, colaborou com o Jornal de Letras, Artes e Ideias, o Expresso, o Jornal do Fundão, o Correio do Minho e o Diário Económico. Fundou ainda o semanário O Ponto, periódico que registou uma série de entrevistas semanais. Na rádio leu assuas crónicas, nomeadamente na Antena 1 e na Rádio Comercial. Actualmente é colunista do Diário de Notícias, do Jornal de Negócios e do Jornal do Fundão.
Na televisão deu-se a conhecer como apresentador, na década de 1990, do programa Conversas Secretas na SIC. A convite do jornal Público, realizou uma série de dezasseis entrevistas sob a designação «Onde é que você estava no 25 de Abril?»,...
tracking img