Auditoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2994 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. AUDITORIA

1. Conceito

Segundo Attie (1998), a auditoria consiste no exame minucioso de documentos, livros e registros, inspeções, obtenção de informações e confirmações internas e externas, obedecendo a normas apropriadas de procedimento, objetivando verificar se as demonstrações contábeis representam adequadamente a situação nelas demonstrada, de acordo com princípiosfundamentais e normas de contabilidade, aplicados de maneira uniforme.
A auditoria também é classificada como sendo a técnica contábil para avaliar as informações, constituindo um elemento indispensável para que através da contabilidade se possa testar a eficiência e a eficácia do controle patrimonial, com o objetivo de definir opinião sobre as informações obtidas.
As técnicas contábeis sãoestruturadas através das:
*Escriturações contábeis, é classificada como sendo o registro dos fatos que ocorreram no patrimônio;
* Demonstrações contábeis, é a exposição dos componentes patrimoniais;
*Auditoria, consiste no exame de documentos, livros e registros, inspeções, obtenção de informações e confirmações internas e externas, obedecendo a normas apropriadas deprocedimento, objetivando verificar se as demonstrações contábeis representam adequadamente a situação nelas demonstrada, de acordo com princípios fundamentais e normas de contabilidade, aplicados de maneira uniforme;
*Análise de balanço, permite decompor, comparar e interpretar essas demonstrações contábeis, oferecendo, aos interessados na riqueza patrimonial, dados analíticos e interpretaçãosobre os componentes do patrimônio e sobre os resultados da atividade econômica desenvolvida pela entidade.

1.2 Objeto e fins da auditoria

De acordo com Attie (1998), o objeto da auditoria é o conjunto de todos os elementos de controle do patrimônio administrado, bem como fatos não registrados documentalmente que exercem atividades relacionadas com o patrimônio administrado.Dessa forma o principal fim da auditoria é a confirmação dos registros contábeis e conseqüentes demonstrações contábeis, através do qual o auditor se certifica da veracidade das informações, com base nas normas usuais de auditoria.
A auditoria contribui julgando a moralidade do ato praticado, onde o registro poderá ser tecnicamente elaborado, transparecendo maior consistência e maiorveracidade dos registros contábeis, contribuindo assim para os administradores ter uma visão ampla das capacidades de investimentos, e transparência administrativa, patrimonial, fiscal, técnica contábil, financeira, econômica e dos princípios éticos adotados na empresa auditada.

3. Regulamentação da auditoria

Os primeiros registros de auditoria no Brasil se deram a partir da instalação dediversas empresas com associações internacionais.
Em 1965, pela Lei n 4.728 (mercado de capitais) - “auditores independentes”;
Em 1976, a Lei das Sociedades por Ações (Lei n 6.404/76, art. 177) determinou que as demonstrações financeiras ou contábeis das companhias abertas fossem auditadas por auditores independentes registrados na Comissão de Valores Mobiliários — CVM.
OConselho Federal de Contabilidade emitiu diversas normas específicas para auditorias externas e internas, entre as quais destacamos:
• A Comissão de Valores Mobiliários (CVM),criada pela Lei nº 6.385/76, é uma entidade autárquica e vinculada ao Ministério da Fazenda. Ela funciona como órgão fiscalizador do mercado de capitais no Brasil.
O auditor externo ou independente, para exerceratividades no mercado de valores mobiliários, está sujeito a prévio registro na CVM.
• O Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), foi fundado em 13-12-1971. O Ibracon é uma pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos. Os principais objetivos desse Instituto são os seguintes: fixar princípios de contabilidade; elaborar normas e procedimentos relacionados com...
tracking img