Auditoria hospitalar

Páginas: 10 (2353 palavras) Publicado: 20 de março de 2014
Vacinação Infantil - Calendário 2014 e Vacinas
Desde que foi institucionalizado, em 1975, o Programa Nacional de Imunização (PNI) contribui para a redução das doenças, já que visa estabelecer a continuidade das vacinações e o aumento das áreas de cobertura.
Para as crianças, a imunização é importante, já que as vacinas fazem o sistema imunológico dos pequenos reconhecer os agentes causadoresde doenças e o fazem criar anticorpos capazes de combater as doenças.
Pensando nos pais e mães, que querem ficar em dia com a vacinação infantil, o Hospital Infantil Sabará, baseado nas informações da Sociedade Brasileira de Pediatria, preparou um especial sobre doenças combatidas, quais vacinas, quantas doses e em quais idades os pequenos devem tomar. Confira abaixo:

BCG (vacina contra atuberculose)
A doença infecto contagiosa é causada pelo bacilo Koch e é caracterizada pela formação de tubérculos (pequena massa de nódulos) em qualquer parte do corpo, mas que afeta principalmente os pulmões.
- A vacina BCG é dada em única dose. Nos que convivem no mesma casa da pessoa com hanseníase, independente da forma clínica, uma segunda dose pode ser dada, com intervalo mínimo de 6 meses,após a primeira;
- O Programa Nacional de Imunização (PNI) recomenda uma segunda dose da vacina quando, após 6 meses, não se observa cicatriz no local da aplicação.
- O PNI recomenda uma segunda dose da vacina quando, após 6 meses, não se observa cicatriz no local da aplicação.
Hepatite B
- É uma doença infecciosa, normalmente crônica, que é transmitida por meio de relações sexuais ou por agulhascontaminadas. Ela pode progredir para cirrose hepática ou cancro do figado (câncer ou hepatocarcinoma).
- A vacina deve ser aplicada nas primeiras 12 horas de vida. A segunda dose pode ser dada quando o bebê tiver 1 ou 2 meses de idade. As crianças com peso de nascimento igual ou inferior a 2 quilos ou com menos de 33 semanas de vida, devem receber quatro doses da vacina (esquema 0,1,2 e 6meses): a primeira ao nascer; a segunda 1 mês depois do parto; a terceira 1 mês após a segunda e a quarta, 6 meses depois da primeira;
- A combinada A+B pode ser utilizada nas primeiras aplicações de vacinas desses indivíduos e o esquema deve ser completado com a mesma vacina (combinada).
- As crianças e adolescentes não vacinados no esquema anterior devem receber vacina no esquema 0, 1, 6 meses;Hepatite A
É uma doença infecciosa aguda que afeta o fígado, produzindo necrose e inflamação do órgão. Ela é transmitida por vírus por meio da ingestão de água ou alimentos contaminados.
- A vacina deve ser dada aos 12 e 18 meses de idade;
- A combinada A+B pode ser utilizada nas primeiras aplicações de vacinas desses indivíduos e o esquema deve ser completado com a mesma imunização (combinada),se não tomou a vacina contra hepatite B no primeiro ano.
Rotavírus
Trata-se de um vírus que causa diarreia grave, que frequentemente vem acompanhada de febre e vômitos. Também é um importante agente da gastroenterites (infecções no sistema gastrointestinal) e é um dos causadores de óbitos em crianças de até 5 anos de idade em todo mundo.
- A vacina monovalente deverá ser dada em duas doses, aos2 e 4 meses de vida. A primeira aplicação deverá ser feita de 6 até, no máximo, 14 semanas. O intervalo mínimo entre as doses é de 4 semanas. A segunda, deverá ser administrada até 24 semanas de idade;
- A vacina pentavalente deverá ser dada em três doses, aos 2, 4 e 6 meses. A primeira dose deverá ser administrada até 12 semanas e a terceira, deverá ser aplicada até, no máximo, 32 semanas. Ointervalo mínimo é de 4 semanas entre elas;
- Os benefícios demonstrados com a vacina contra o rotavírus superam os eventuais efeitos adversos atribuídos à ela.
DTP (vacina contra difteria, tétano e coqueluche)
A difteria é uma doença infectocontagiosa que afeta as mucosas e provoca inflamação da garganta, nariz e, às vezes, dos brônquios e traqueia. A transmissão é feita pelo contato direto...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Auditoria hospitalar
  • Auditoria hospitalar
  • Auditoria hospitalar
  • Auditoria hospitalar
  • Auditoria hospitalar
  • Auditoria hospitalar
  • Auditoria em contas hospitalares
  • AUDITORIA HOSPITALAR Pronto

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!