Auditoria contabil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2922 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DO VALE DO IPOJUCA - SESVALI

FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA - FAVIP

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

José

ILKA GISLAYNE DE MELO SOUZA
Pesquisa apresentada à disciplina de Auditoria Contábil.
Do curso de Ciências Contábeis.



Turma:1002




CARUARU
2012

Conceituação e objetivosda auditoria independente
A auditoria das demonstrações contábeis constitui o conjunto de técnicos que tem por objetivo a emissão de parecer sobre a sua adequação, consoante os Princípios Fundamentais de Contabilidade e as Normas Brasileiras de Contabilidade e, no que for pertinente, a legislação específica.
Procedimentos de auditoria contábil
Os procedimentos de auditoria são o conjunto detécnicas que permitem ao auditor obter evidências ou provas suficientes e adequadas para fundamentar sua opinião sobre as demonstrações contábeis auditadas.
São compostos por:
Testes de observância
visam à obtenção de razoável segurança de que os procedimentos de controle interno, estabelecidos pela administração, estão em efetivo funcionamento e cumprimento.
Testes substantivos
visam à obtençãode evidência quanto à suficiência, exatidão e validade dos dados produzidos pelo sistema contábil da entidade e são divididos em testes de transações e saldos e procedimentos de revisão analítica.
Fraude e erro
Fraude
ato intencional de omissão ou manipulação de transações, adulteração de documentos, registros e demonstrações contábeis.
Erro
ato não intencional resultante de omissão,desatenção ou má interpretação de fatos na elaboração de registros e demonstrações contábeis.
Ao detectar erros relevantes ou fraudes no decorrer dos seus trabalhos, o auditor tem a obrigação de comunicá-los à administração da entidade e sugerir medidas corretivas, informando sobre os possíveis efeitos no seu parecer, caso elas não sejam adotadas.
A responsabilidade primária na prevenção e identificaçãode fraudes e erros é da administração da entidade, através da implementação e manutenção de adequado sistema contábil e de controle interno. Entretanto, o auditor deve planejar seu trabalho de forma a detectar fraudes e erros que impliquem efeitos relevantes nas demonstrações contábeis.
Risco de auditoria
Risco de auditoria é a possibilidade de o auditor vir a emitir uma opinião tecnicamenteinadequada sobre demonstrações contábeis significativamente incorretas.
A análise dos riscos de auditoria deve ser feita na fase de planejamento dos trabalhos, considerando a relevância em dois níveis:
* em nível geral, considerando as demonstrações contábeis tomadas no seu conjunto, bem como as atividades, qualidade da administração, avaliação do sistema contábil e de controles internos esituação econômica e financeira da entidade
* em níveis específicos, relativos ao saldo das contas ou natureza e volume das transações.
Estudo e avaliação do sistema contábil e de controle interno
O sistema contábil e de controles internos compreende o plano de organização e o conjunto integrado de método e procedimentos adotados pela entidade na proteção do seu patrimônio, promoção daconfiabilidade e tempestividade dos seus registros e demonstrações contábeis, e da sua eficácia operacional.
O sistema contábil e de controles internos é de responsabilidade da administração da entidade; porém, o auditor deve efetuar sugestões objetivas para seu aprimoramento, decorrentes de constatações feitas no decorrer do seu trabalho.
O auditor deve efetuar o estudo e a avaliação do sistema contábile de controles internos da entidade, como base para determinar a natureza, oportunidade e extensão da aplicação dos procedimentos de auditoria.
Aplicação dos procedimentos de auditoria
A aplicação dos procedimentos de auditoria deve ser realizada, em razão da complexidade e volume das operações, por meio de provas seletivas, testes e amostragens, cabendo ao auditor, com base na análise de...
tracking img