Atps economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1162 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Ciências Contábeis

Economia

Nomes: ID
|Audrey Vivian de O. Vasconcelos |2504036269 |
|Daniela Telles Pittini |1129365664 |
|Debora Evelin Torres         |1122349785|
|Keully Faro Farias                  |1109290996 |
|Luciene Gonçalves de Carvalho |2504009563 |

ATPS 1º Etapa

Professor: Mauro

OSASCO
09/2011.

Introdução

Este trabalho tem por objetivo analisar os conceitos de oferta e demanda nomercado econômico. Entende-se por mercado conjunto de bens e serviços que são ofertados associados á quantidades de recursos que os consumidores dispõe. Para conceituar oferta, é necessário também conceituar também a demanda, haja vista que estas variáveis encontram–se intimamente interligadas para que seja possível atingir o que convencionou-se chamar de equilíbrio de mercado. Será abordado ainfluência que ela tem nas empresas e foi dado como exemplo empresas de papel e celulose.
Custos de oportunidade pressupõe alternativa viável e, portanto, existentes para o consumidor ou para o empresário. Pressupõe, também, uma decisão efetiva sendo tomada e que, o sendo, acarreta o sacrifício.

Conceituação de Custo de Oportunidade
O custo de oportunidade de uma alternativa é medido por algumacaracterística da alternativa abandonada. Essa característica é o “beneficio que se deixa de ganhar” “Lucro que se poderia ter conseguido”, é o “quanto à empresa sacrificou em termos de remuneração”.
Outro aspecto a considerar nas conceituações de custo de oportunidade é que em algumas, não há uma qualificação, relativamente uma alternativa abandonada, quando duas alternativas existem, e só duas, ocusto de oportunidade da primeira é buscado em alguma característica da segunda (lucro, custo, valor, etc.) e o custo de oportunidade da segunda é (lucro, custo, valor) e o custo de oportunidade da segunda é “algo” (lucro, custo, valor) da primeira.
Caso Real

22% preferem comprar em atacado, aponta pesquisa

O interesse da população pelas compras em atacado vem subindo ano a ano, mostrapesquisa divulgada nesta segunda-feira pela Abad (Associação Brasileira de Atacadistas Distribuidores) em parceria com a consultoria Nielsen. Em 2009, 22% dos consumidores pessoa física compraram em "atacarejos" --lojas que atendem o atacado, distribuidores e também o varejo. Em 2008, eram 17%. Para o presidente da Abad, Carlos Eduardo Severini, o percentual ainda é baixo e há perspectivas decrescimento. A expectativa é de que chegue a 28% já neste ano. Um dos principais motivos pela busca deste tipo de estabelecimento é o custo. "Os preços chegam a ser até 10% menores do que no varejo [supermercados, farmácias, entre outros]", afirma Nelson Barrizzelli, professor da USP. Segundo ele, os atacadistas conseguem oferecer produtos com preços reduzidos porque muitos deles cobram uma anuidade docliente, que funciona como capital de giro para a empresa se financiar. Com isso, conseguem repassar o custo de oportunidade da captação nos preços.

Curva de Possibilidade de Produção.

A Curva de Possibilidade de Produção (CPP) mostra como o produto potencial de uma economia (ou produto de pleno emprego) pode ser repartido nos diferentes produtos e, assim, a escolha conflitante entre produçõesdistintas, ou seja, dada produção atual, o quanto a sociedade tem que abrir mão de determinado bem para poder produzir, e conseqüentemente consumir, mais dos outros bens.

Caso Real
A empresa M.B enfeites, é distribuidora de artigos para festa, onde realiza todo tipo de trabalho que esteja vinculado à festa de aniversário. Empresa de pequeno porte, onde neste ano optou em realizar festas em...
tracking img