Atitudes face aos tpc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2020 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ATITUDES FACE AOS TPC – DIFERENÇAS EM FUNÇÃO DO ANO E DO CONTEXTO1 Iolanda Ribeiro Marta Costa Joana Cruz Dep. Psicologia, Universidade do Minho

Resumo: O trabalho de casa é uma estratégia fundamental no processo de ensino-aprendizagem. No entanto, nas últimas décadas tem-se registado alguma controvérsia em relação a esta temática. Neste estudo pretende-se analisar as perspectivas dos alunosface à sua importância, especificamente pretende-se avaliar: i) atitudes e comportamentos dos alunos face ao trabalho de casa na disciplina de português e ii) percepção dos alunos sobre as atitudes e comportamentos dos professores face aos trabalhos de casa. Recorreu-se a uma amostra de 135 alunos, do 5º e 9º ano de escolaridade, de três instituições escolares diferenciadas entre si nos modelosadoptados na realização do trabalho de casa. A avaliação dos alunos foi efectuada com base no “Questionário de TPC de Português” (Silva, 2004). Os resultados obtidos sugerem que não existem diferenças significativas entre as percepções dos alunos e a instituição escolar a que pertencem. As percepções dos alunos em relação aos trabalhos de casa são diferentes em função do ano de escolaridade. Osalunos do 5º ano têm atitudes mais favoráveis em relação aos do 9º ano.

Introdução

O trabalho de casa é definido por Cooper (2001) como o conjunto de tarefas prescritas aos estudantes pelos professores que devem ser realizadas fora do horário escolar. Esta definição exclui as explicações, a preparação para testes e exames (Trautwein & Koller, 2003), o estudo supervisionado na escola, os cursos deestudo em casa por correspondência e as actividades extracurriculares como desporto (Cooper, 2001). A principal assumpção citada para prescrever trabalho de casa relaciona-se com a diminuição do número de retenções e com uma melhoria na compreensão dos assuntos estudados. No entanto, segundo Cooper e colaboradores (1998) quando os alunos despendem muito tempo nas tarefas académicas tendem aaborrecer-se e a realização a baixar. Aliás, as investigações têm evidenciado quer vantagens, quer inconvenientes do trabalho de casa enquanto técnica instrucional. Como vantagens, Painter (2003) sublinha que o trabalho de casa permite que os alunos adquiram a linguagem utilizada na sala de aula, reforcem as

A correspondência relativa a este artigo deve ser enviada para: Iolanda Ribeiro, Institutode Educação e Psicologia, Campus de Gualtar, 4710, Braga, Portugal, iolanda@iep.uminho.pt

1

793

aprendizagens realizadas e desenvolvam hábitos de estudo que, por sua vez, os tornem estudantes independentes. Este autor encara o trabalho de casa como uma extensão da sala de aula que promove a internalização da informação leccionada. Cooper (2001) classifica os benefícios do trabalho de casaem quatro categorias: efeitos académicos imediatos (por exemplo, melhoria do pensamento crítico e melhor retenção de conhecimentos factuais), efeitos académicos a longo prazo (por exemplo, incentivo à aprendizagem em momentos de lazer, melhoria da atitude face à escola e melhores hábitos e competências de estudo), efeitos não académicos (por exemplo, melhor auto-disciplina e organização do tempoe resolução de problemas realizada de forma mais independente) e efeitos no envolvimento parental (por exemplo, mais interesse e envolvimento dos pais na vida escolar). Os contributos positivos na aprendizagem têm sido encontrados em numerosos estudos (Walberg, Paschall, & Weinstein, 1985), os quais se mantém mesmo quando são controladas variáveis como a aptidão dos alunos e o seu estatutoeconómico (Paschal, Weinstein, & Walberg, 1984) O trabalho de casa serve ainda para desenvolver a auto-regulação, uma vez que são os alunos que se tornam responsáveis por regular o seu próprio comportamento (por vezes com apoio dos pais). Isto torna o trabalho de casa numa forma clássica de treino na auto-regulação. É o estudante que decide se, como e quando realizar o trabalho de casa (Trautwein &...
tracking img