Assistencia de enfermagem ao paciente politraumatizado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1164 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Edmundo Husserl
Nasceu em 1.859, na Moravia/Checoslovaquia, judeu,sem formação religiosa, estudou mateática na Universidade de Berlim/Alemanha. Chegou ao doutorado em 1891, na cidade de Viena/Alemanha; Voltou a Berlim para trabalhar como assistente de um renomado matemático Kal. Weirestrass.
Preocuapado em fundamentar a matemática, resolveu aprofundar-se em filosofi, voltou então para Vienaonde estudou por dois anos com Franz Brentano e converteu-se a igreja Luterana, Ensinou Filosofia na Universidade de Halle, de 1887 a 1901, em Göttinen, de 1901 a 1918; Em Freiburg, de 1918 a 1928, quando se aposentou, e morreu em Freiburg, em 27 de abril de 1938.

Fenomenologia
O meio cientifico, no qual se desenvolveu a fenomenologia, se deu no final do século XIX e inicio do século XX, quandose iniciaram os primeiros trabalhos de Edmund Husserl. A ciência era alicerçada no modelo positivista, preenchia o espaço deixado pela filosofia especulativa, destacando-se sobremaneira a matemática e a psicologia. Porém a partir de 1880, a segurança positivista começa a ser abalada, tornando-se os fundamentos e o alcance da ciência, objeto de interrogação. Nessa época, Husserl, cuja formação eramatemática, passou a dedicar-se as questões filosóficas, entrando em contato com Franz Bretano. Esse filósofo propunha um novo método de conhecimento do psiquismo, explorando o campo da consciência e sua relação com o objeto, e já distinguia os fenômenos psíquicos, que comportam uma intencionalidade dos fenômenos físicos.
Segundo a etimologia (de acordo com Dartigues), a Fenomenologia é o estudoda ciência do fenômeno. Como tudo o que aparece é fenômeno, o domínio da Fenomenologia é praticamente ilimitado, e não poderíamos proibir ninguém de pretender-se fenomenólogo, desde que sua atitude tenha a ver com a etimologia do termo: Se nos ativermos à etimologia, qualquer um por conseguinte que descreva aparências ou aparições faz Fenomenologia.
Ainda segundo Dartigues, o esforço filosóficode Husserl é, com efeito, destinado em seu espírito a resolver simultaneamente uma crise da filosofia, uma crise das ciências do homem e uma crise das ciências pura e simplesmente, Husserl trouxe uma nova tendência filosófica, pois “a Fenomenologia é algo que transpõe os limites da filosofia como disciplina”. Isto porque a Fenomenologia renovou o pensamento e fez com que se buscasse na sua maispura e mais profunda radicalidade qual ainda não saímos. Desta forma compreendemos o quanto esse autor Husserl esteve á altura de sua época buscando atender a todas essas solicitações.

A relação entre sujeito e objeto
Considerando as reflexões como de partida a relação entre sujeito e o objeto, podemos destacar três vertentes:
1ª vertente: Realista – objeto em si mesmo é aquele quesustenta o principio do objeto, de modo que o ponto de partida para o entendimento e conhecimento, sempre será o proprio objeto.
2ª vertente: Idealismo – sujeito se estabelece à partir da análise de idéias, que faz chegar a uma concordância entre essas idéias e as coisas(objeto). São duas realidades que se opõe entre si.
3ª vertente: Filosofia da Ciência e das Teorias do Conhecimento- a Filosofia deKante- (Immanuel Kant 1724-1804), procura trazer o equilibriu entre o idealismo e o realismo, redistribuindo as funções do conhecimento, que tenta entender a contribuição que o objeto traz para o sujeito. Portanto a redistribuição, traz o equilibriu, entre o sujeito e o objeto, deixando assim de preveligiar um ou outro. O que configura o conhecimento como um trabalho conjunto entre o objeto e osujeito.
O resultado mais importante ligada a essa concepção, enquanto sintese desses elementos, objetivo e subjetivo; É a noção ou entendimento da relatividade do conhecimento, isso se explica pelo mecanismo lógico presente na mente.

A apreensão
No entanto o que quer dizer aqui apreender? Vejam que isso depende do modo como eu entendo a constituição dessa relação; se eu conceber essa...
tracking img