Asdasd

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1542 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Corrente elétrica e lei de ohm

Corrente elétrica é a taxa de passagem de carga elétrica através de certa região do espaço e é dada pela razão entre a carga e o intervalo de tempo, ou seja,

Em um campo elétrico uniforme, a diferença de potencial V entre dois pontos é dada pelo 1ª Lei de Ohm.

( instrumentos de medida )

.. multímetro

Multímetro é um instrumento queserve para efetuar diversas medições elétricas.
.. voltímetro

O voltímetro é um aparelho que realiza medições de tensão elétrica em um circuito, geralmente usando a unidade volt. Deve ser ligado em paralelo com os pontos que deseja-se medir a ddp.
.. amperímetro

O amperímetro é um instrumento utilizado para fazer a medida da intensidade no fluxo da corrente elétrica que passa através dasessão transversal de um condutor. A unidade usada é o Ampère. Deve ser ligado em séria com o circuito.

.. ohmímetro

Um Ohmímetro é um instrumento de medida elétrica que mede a resistência elétrica, ou seja, a oposição à passagem da corrente elétrica. De acordo com a seguinte equação, derivada da Lei de Ohm, o valor de resitência é dada por:

4. – MATERIAIS UTILIZADOS

* Resistores (10 KΏ e15 KΏ);
* Multímetro;
* Voltímetro;
* Fonte de tensão;
* Placa padrão para montagem de circuitos;
* Cabos e conectores.
Objetivos:

a) conhecer e usar adequadamente um multímetro;
b) verificar a influência dos instrumentos de medida nos valores medidos;
c) verificar a linearidade entre corrente e voltagem num resistor.

6. – METODOLOGIA

6.1 – Parte A:Medição da Tensão Curta:

Um circuito foi assim montado: foi colocada uma fonte de tensão, um resistor de 10 KΩ e um amperímetro em série em uma placa padrão para montagem de circuitos.
Após isso, o voltímetro foi colocado entre as duas extremidades do resistor.
Através da fonte de tensão, foi estabelecida uma voltagem de 1,0; 2,0; 5,0; 8,0 e 10,0 volts, respectivamente, que foram confirmadaspelo voltímetro, no circuito feito. Foram então medidas as correntes para a respectiva voltagem. Esses valores lidos estão representados na tabela abaixo:

Tabela 1:

Medidas | V[V] | I[mA] |
1 | 1,0 | 0,10 |
2 | 2,0 | 0,20 |
3 | 5,0 | 0,50 |
4 | 8,0 | 0,85 |
5 | 10,0 | 1,05 |

6.2 – Parte B: Medição da Tensão Longa:

Em seguida, um circuito foi assim montado: fonte de tensão,resistor de 10 Ω e um amperímetro em série novamente, mas agora com o voltímetro entre as extremidades do conjunto resistor-Amperímetro acoplados em série.
A fonte foi ligada e com o auxilio do voltímetro foram estabelecidas voltagens de 1,0; 2,0; 5,0; 8,0 e 10,0 volts no circuito. Foram lidas novamente as respectivas correntes e assim foi obtida a Tabela 2:

Tabela 2:

Medidas | V[V] | I[mA] |1 | 1,0 | 0,10 |
2 | 2,0 | 0,25 |
3 | 5,0 | 0,55 |
4 | 8,0 | 0,85 |
5 | 10,0 | 1,05 |

6.3 – Parte C: Medição de resistores em série e em paralelo:

Dois resistores de 10 KΩ e 15 KΩ foram colocados em série. Em seguida a esse sistema foi conectado um amperímetro e uma fonte de tensão.
Com auxílio do voltímetro, voltagens de 5,0 e 10,0 volts foram colocadas e as respectivascorrentes e as tensões em cada resistor foram medidas. Assim, com os dados a tabela 3 foi montada:

Tabela 3:

Voltagem da fonte [V] | V10k[V] | V15k[V] | Vsist[V] | I[mA] |
5,0 | 1,9 | 3,0 | 5,0 | 0,20 |
10,0 | 3,8 | 5,8 | 10,0 | 0,40 |

O mesmo procedimento foi realizado com o circuito tendo os dois resistores em paralelo, mas com uma diferença: em vez de estabelecidas voltagens de 5,0 e10,0 volts, foram aplicadas voltagens de 2,0 e 5,0 volts. A tensão e as correntes do circuito foram medidas. Com isso a tabela 4 foi montada:


Tabela 4:

Voltagem da fonte [V] | V10k[V] | V15k[V] | Vsist[V] | I[mA] |
2,0 | 0,20 | 0,10 | 0,35 | 2,0 |
5,0 | 0,45 | 0,30 | 0,75 | 5,0 |

6.4 – Parte D: Medição dos resistores com o ohmímetro:

Inicialmente é necessário o cuidado de...
tracking img