As politicas educacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1485 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA












PROJETO ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA – 1º PERÍODO














AS AVALIAÇÕES, AS POLÍTICAS EDUCACIONAIS E A QUALIDADE DO ENSINO












São Paulo – SP
2013
PROJETO ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA
CURSO PEDAGOGIA

1. INTRODUÇÃO
Considerando as recentes necessidades apresentadas para atender àsexpectativas dos alunos e adequar as especificidades do mercado de trabalho na área de Pedagogia, acrescidas das recomendações do Instituto Nacional de Ensino Superior (INEP-MEC) e das Diretrizes Curriculares Nacionais (24/11/2006 Resolução nº 13), o curso de Pedagogia integra em seu Projeto Pedagógico de Curso o Projeto Atividades Práticas Supervisionadas – Trabalho Integrado (TI).
O Projeto AtividadesPráticas Supervisionadas (APS) – Trabalho Integrado (TI) constitui-se em um meio ou instrumento pedagógico para o aprimoramento da aprendizagem, via interdisciplinaridade – integração e relacionamento dos conteúdos de disciplinas que compõem os semestres do curso – e práxis – integração teoria e prática por meio da aplicação do conhecimento adquirido em sala de aula – à realidade.
As AtividadesPráticas Supervisionadas (APS) são atividades acadêmicas desenvolvidas sob a orientação, supervisão e avaliação de docentes e realizadas pelos discentes. (Art.2º REGULAMENTO DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS, UNIP 2010).
São consideradas Atividades Práticas Supervisionadas (APS): estudos dirigidos, trabalhos individuais, trabalhos em grupo, desenvolvimento de projetos, atividades emlaboratório, atividades de campo, oficinas, pesquisas, estudos de casos, seminários, desenvolvimento de trabalhos acadêmicos, dentre outros. (Art.4º, REGULAMENTO DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS UNIP 2010).
Um dos aspectos fundamentais do Projeto Atividades Práticas Supervisionadas é que o Trabalho Integrado não só objetiva treinar os alunos nas diferentes práticas da pesquisa e no uso dametodologia científica, mas também promover a criação de uma metodologia de trabalho de caráter interdisciplinar, a partir do trabalho conjunto com o corpo docente e discente. Outro aspecto do TI é incentivar os alunos a utilizar a metodologia de caráter interdisciplinar com vistas ao desenvolvimento do conhecimento científico para a área de Pedagogia.
No Primeiro Período (2013/1), o curso dePedagogia, por intermédio de seu Núcleo Docente Estruturante (NDE) elegeu a disciplina Política e Organização da Educação Básica para ancorar (subsidiar) as atividades práticas supervisionadas (APS).
Com isso, tem a pretensão de proporcionar aos estudantes de Pedagogia a apropriação de saberes inerentes às políticas educacionais em prol da melhoria da qualidade da educação.
A partir daanálise do Plano de Ensino da disciplina Política e Organização da Educação Básica, verificou-se que este componente curricular permite ao docente o desenvolvimento de projetos com os alunos para estudo e análise das políticas educacionais criadas e em fase de implementação no país desde a promulgação da Constituição Federal de 1988.



2. TEMA

“ AS AVALIAÇÕES, AS POLÍTICAS EDUCACIONAIS E AQUALIDADE DO ENSINO”

3. JUSTIFICATIVA


A escolha do tema surgiu porque temos constatado que a questão do desempenho dos alunos tanto em testes de larga escala quanto no próprio percurso escolar tem estado na pauta da política educacional nos últimos anos de forma explicita e urgente. A Constituição de 1988 estabeleceu como um dos princípios da educação nacional a “garantia de umpadrão mínimo de qualidade de ensino” (BRASIL, 1988, art. 211). A esta diretriz geral somam-se várias indicações na legislação educacional ordinária (LDB 9394/96, Lei 9424/96, Lei 10.172/01) que reafirmam a necessidade de padrão de qualidade e a responsabilidade do poder público em monitorá-la.


Nestes termos, entendemos que este projeto poderá ser de grande valia para a formação de...
tracking img