As origens do pensamento grego

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4206 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
De fato, é no plano político que a razão, na Grécia, primeiramente se expandiu, constitui-se e formou-se. A experiência social pode tornar-se entre os gregos o objeto de uma reflexão positiva, porque se prestava, na cidade, a um debate público de argumentos.” Jean-Pierre Vernant

1. INTRODUÇÃO
O ensaio de Jean-Pierre Vernant, As origens do pensamento grego, analisa o contexto histórico donascimen to do pensamento filosófico, acontecimento que marcou decisivamente a história da cultura ocidental.
Apresentaremos as principais idéias defendidas pelo autor nos oito capítulos que compõem o ensaio. Vernant verifica inicialmente a situação histórica da Grécia desde a chegada dos primeiros invasores, a formação das primeiras tribos, a tomada de Creta, a adoção do sistema palaciano e aedificação da supremacia real. Em seguida, comenta a relevância desses acontecimentos na formação da polis, a prática da política, a ágora como centro da cidade, o nascimento da Filosofia e a cosmologia. Vernant traça, portanto, os elementos que propiciaram e influenciaram o surgimento do pensamento filosófico na Grécia Antiga.

2. QUADRO HISTÓRICO
Ao invadirem a península onde iriam edificar aGrécia como é conhecida na idade histórica, os gregos já encontraram o território ocupado por grupos fortemente influenciados pela cultura cretense e egípcia, etc. Os invasores, provavelmente de origem indo-européia, divididos em tribos, penetram separadamente na Hélade. Uma das primeiras tribos gregas a fixar-se no território helênico foi a dos aqueus ou micênicos. Fala essa população nova um dialetogrego arcaico e representa a roptura com a fase anterior; é, pois, possuidora de elementos novos e diferentes, como casas, sepulturas, machados de guerra, armas de bronze, utensílios, cerâmica, etc.
A invasão da Hélade é acompanhada de outras invasões ao redor do Mediterrâneo. A Ásia Menor, por exemplo, é invadida pelos hititas. É significativo que o povo de Tróia, cidade rica, tem algumascaracterísticas estreitas aos invasores da Grécia, os mínios. Fabrica-se em Tróia a mesma cerâmica fabricada pelos mínios gregos, além de utilizar um processo similar. Os aqueus tinham um interesse pela região da Tróade, em particular pela fama de seus cavalos. Ambos conheciam o cavalo e deviam tê-lo domesticado em um momento anterior à vinda para a Grécia. Mais significativo ainda é que o cavalo teráum papel decisivo na expansão dos micênicos. Sua relevância está na sua serventia para fins militares, além de desempenhar um sentido mítico para os primeiros helenos. Representa elemento úmido, águas subterrâneas, mundo infernal, fecundidade, trovoada, tempestade.
A domesticação do cavalo e seu uso para fins militares devem, possivelmente, ter possibilitado aos micênicos a técnica do uso docarro em guerras. Documentos encontrados nos túmulos da cidade de Micenas traçam a figura de um guerreiro de pé em seu carro puxado por cavalos a galope em cenas de batalha ou de caça. O uso do carro intensificou a dedicação especial às atividades guerreiras e sua concentração em grande escala nos campos de batalha, decerto, exigiu uma autoridade que coordenasse esse trabalho. Tal autoridade é única eos homens dos carros são a ela submetidos. Supõe isso um Estado centralizado, extenso e poderoso.
Os aqueus pouco a pouco tiveram contatos com Creta, civilização desenvolvida cuja vida girava em torno do Palácio, e quando estavam suficientemente fortes atacaram-na e apoderaram-se dela. O uso do carro puxado por cavalos foi determinante. Como a civilização cretense era superior os micênicosacabaram por ser influenciados por ela, o que resultou numa cretização dos aqueus. Dessa forma a civilização cretense modificou-se, adaptou-se e sobreviveu, deixando salvo, também, sua orientação dos grandes reinos do oriente. As escavações recentes evidenciam a semelhança entre os palácios cretenses e os das proximidades da Mesopotâmia. A península grega e o mundo Egeu estavam ligados como povoação...
tracking img