As falhas de mercado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1660 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As falhas de mercado
Quando as livres forças de mercado não levam a
economia a um equilíbrio eficiente caracteriza-se uma
falha de mercado
As falhas de mercado
Para a teoria econômica tradicional, não é necessário
que exista a figura de um “planejador central”, já que a
livre concorrência, com as firmas operando em um
mercado competitivo e procurando maximizar seus
lucros,permitiria atingir máxima eficiência.
Contudo, a ocorrência deste ideal,chamado de ótimo de
Pareto, só se dá no campo das hipóteses.
Na realidade existem algumas circunstâncias
conhecidas como “falhas de mercado” que impedem que
esta situação ocorra.
As falhas de mercado
Para corrigir estas falhas de mercado, algum
mecanismo tem de ser criado no sentido de
desestimular a produção,podendo ser a própria
intervenção governamental. Por exemplo, uma forma
de eliminar a emissão de monóxido de carbono
lançado ao ar pelos automóveis nas grandes cidades é
simplesmente proibir a sua circulação.



Definição de Administração Pública
Tais circunstâncias são:
A) a existência de bens públicos;
B) a falha de competição que se reflete na
existência de monopóliosnaturais;
C) as externalidades;
D) os mercados incompletos;
E) as falhas de informação;
F) a ocorrência de desemprego e inflação.
.
.
A existência de bens públicos
Bens que uma vez produzidos, permitem que
qualquer pessoa possa usufruí-los. São bens
aptos ao atendimento simultâneo das
necessidades de uma coletividade: uma vez
produzidos, os bens públicos irão beneficiar
a todosos indivíduos, independentemente da
participação de cada um no rateio dos
custos.
.
A existência de bens públicos
•Segurança Nacional
•Ar puro
•Parques públicos
•Sinalização de trânsito
•Intervenção do governo: produção estatal,
remunerar o setor privado, subsidiar a
produção privada, regulação.
.
A falha de competição
Os monopólios naturais ocorrem em determinadossetores da economia quando: quanto maior a produção,
menor o seu custo unitário. Com isso, dependendo do
tamanho do mercado consumidor, é mais vantajoso que
exista uma empresa produzindo muito do que várias
empresas produzindo pouco, pois, neste caso, o custo
de produção seria mais alto.
A intervenção do governo pode acontecer de duas
formas: através da regulação ou através da produçãodo bem ou serviço pelo próprio governo.
Definição de Administração Pública
Tais circunstâncias são:
A) a existência de bens públicos;
B) a falha de competição que se reflete na
existência de monopólios naturais;
C) as externalidades;
D) os mercados incompletos;
E) as falhas de informação;
F) a ocorrência de desemprego e inflação.
.
.
A existência de bens públicos
Bensque uma vez produzidos, permitem que
qualquer pessoa possa usufruí-los. São bens
aptos ao atendimento simultâneo das
necessidades de uma coletividade: uma vez
produzidos, os bens públicos irão beneficiar
a todos os indivíduos, independentemente da
participação de cada um no rateio dos
custos.
.
A existência de bens públicos
•Segurança Nacional
•Ar puro
•Parques públicos•Sinalização de trânsito
•Intervenção do governo: produção estatal,
remunerar o setor privado, subsidiar a
produção privada, regulação.
.
A falha de competição
Os monopólios naturais ocorrem em determinados
setores da economia quando: quanto maior a produção,
menor o seu custo unitário. Com isso, dependendo do
tamanho do mercado consumidor, é mais vantajoso que
exista uma empresaproduzindo muito do que várias
empresas produzindo pouco, pois, neste caso, o custo
de produção seria mais alto.
A intervenção do governo pode acontecer de duas
formas: através da regulação ou através da produção
do bem ou serviço pelo próprio governo.

.
A falha de competição
Acordos que restringem a concorrência (por
exemplo, acordos secretos entre empresas
para manter...
tracking img