Deslixia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4811 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Força dos Sentimentos

Maria Cristina Milred

PREFÁCIO
Eu decidi escrever estas páginas depois de uma experiência de quase trinta anos como psicóloga clínica, para tentar mostrar como podemos VIVER MUITO BEM, apesar dos problemas normais da vida que provocam sentimentos negativos, como raiva, medo, tristeza, inclusive aproveitando esses problemas para atingir um nível de desenvolvimentoindividual cada vez maior. No meu trabalho pude constatar que as pessoas sabem muito sobre cuidados físicos, preocupam-se com alimentação saudável, ginástica, vitaminas; mas muito poucas estão cientes dos cuidados psicológicos. Por exemplo, se eu falasse para vocês não comer nada durante três dias e depois participar de uma corrida, vocês me olhariam com pena por eu ter perdido o juízo. Porém,quantos de nós continuamos às vezes lidando com problemas sérios de relacionamento, comunicação, trabalho, sem cuidar de nossas condições psicológicas! Os famosos “problemas psicológicos”, especialmente os que estão tão na moda hoje, como síndrome do pânico, fobias, stress, são reações de nosso organismo perante estímulos fortes demais e que poderiam ter sido prevenidos na grande maioria dos casos.Nas páginas seguintes, vocês poderão me acompanhar numa viagem fantástica, de autoconhecimento e através dele, de um desenvolvimento progressivo de nossas aptidões para curtir cada vez mais a vida, assim como tratar de um modo simples mas efetivo traumas e sintomas psicossomáticos. Em psicologia não existem fórmulas mágicas que vão resolver nossos problemas mas podemos contar, sim, com certosconhecimentos básicos que, bem aplicados, contribuem para uma estrutura de personalidade cada vez mais forte. Existem muitos livros de auto-ajuda, cheios de sugestões e conselhos bem intencionados, mas a maioria não é auto-ajuda, porque não tenta aproveitar o potencial maravilhoso que existe em todos nós e que chama-se sentimentos.
1

Até no famoso “pensamento positivo”, espera-se que só a repetiçãode frases como “eu me sinto feliz”, ou “eu gosto de mim mesmo”, vai ter um efeito automático e conseguir que a pessoa realmente passe a se sentir assim. Mas esse enfoque ignora um elemento fundamental, que é a base de nossa proposta: conhecer melhor os nossos sentimentos positivos e negativos, como o combustível que vamos utilizar na nossa vida diária de um modo cada vez mais efetivo, sembloqueá-los e sem passá-los para a área física em forma de sintomas.

2

PRIMEIRA PARTE

3

É importante diferenciar bem entre sentimentos e pensamentos para poder usá-los do melhor modo possível na nossa vida diária, e especificamente, nas técnicas desenvolvidas na segunda parte deste trabalho. O pensamento é um conceito lógico, que segue uma estrutura definida e está sempre associado a umconteúdo claro, por exemplo, penso em uma casa e posso imaginar algo que vai ter certos elementos reconhecíveis por todos; pode ter um ou dois andares, poucos ou muitos quartos, mas vai sempre ter algum tipo de portas e janelas. Se eu falo “a casa da minha infância”, eu incorporo outro elemento que é o sentimento. Não só vou ter uma representação mental de um objeto, mas agora vai estar carregada comsensações e sentimentos que vem da minha vida nessa casa e que vão ser positivos e/ou negativos. Ou seja, o pensamento como está definido aqui, é neutro, intelectual, enquanto que o sentimento traz uma série de outros elementos psicológicos, conscientes e inconscientes. Porque é tão importante essa diferenciação? Porque nós percebemos um estímulo ou uma situação, não como ela é objetivamente, mascomo ela é para nós, de acordo à nossa história pessoal. Isso é normal até um certo ponto mas quando a distorção, a diferença entre a situação real e o modo como a percebemos, é muito grande, vamos ter problemas de adaptação. No caso da fobia, por exemplo, uma situação externa negativa é percebida como um estímulo tão grave e ameaçador que “paralisa” inconscientemente a pessoa e ela não...
tracking img