As dificuldades dos docentes frente ao aluno com necessidades educativas especiais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2910 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
AS DIFICULDADES DOS DOCENTES FRENTE AO ALUNO COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS


RESUMO

O tema inclusão de alunos com necessidades especiais tem sido um grande desafio não só para as políticas públicas educacionais bem como para toda a sociedade. Através dessa discussão são criadas estratégias e possibilidades de minimizar a desigualdade social e oferecer oportunidade àqueles que de umaforma ou não estão inseridos, seja no contexto educacional ou social. Neste contexto,a escola tem papel fundamental na formação das crianças, adolescentes e jovens e a discussão sobre esse novo paradigma da sociedade contemporânea.
Diante dessa realidade e da postura ainda tradicional de ensino, as escolas devem urgentemente reconhecer a necessidade de colocar em análise e discussão suaorganização curricular, considerando os conteúdos, as atividades de ensino-aprendizagem, recursos materiais, equipamentos e inclusive a forma de avaliação. A relevância deste projeto está exatamente em ser mais um que vem a somar na discussão de alternativas para o enfrentamento de diversas barreiras ainda encontradas pelos profissionais, pessoas com deficiência e familiares.

Palavras-chave: InclusãoEscolar, Formação de Professores, Pessoas com Necessidades Especiais.













INTRODUÇÃO

Este artigo vem abordar e discutir como vem acontecendo a inclusão escolar, pois atender crianças com necessidades especiais, pois atender crianças com necessidades especiais não quer dizer apenas ingressá-las na escola, mas sim fazer com que ela se integrada na sociedade como uma pessoaque aprende e como um cidadão comum.
Em outros tempos, os conhecimentos e habilidades eram passados de geração a geração, de acordo com a cultura e função social da família. A partir das mudanças sócio-econômicas, novas formas de perceber o “ensinar” foram transformando e democratizando os conhecimentos que antes eram restringidos pelos núcleos familiares e classes sociais.
Diante destaconjuntura, as pessoas com necessidades especiais, que antes ficavam excluídos da sociedade, agora são vistos com sujeitos que têm direito à educação e a cidadania. Cabe, então, em face da realidade das nossas escolas que, de modo geral, vivenciam ou deverão vivenciar a inclusão questionarmos qual é o papel da escola no resgate da socialização e da formação da cidadania desses indivíduos, bem comoentender o que significa educar na e para a cidadania.
As transformações que vem ocorrendo na sociedade contemporânea na ordem política, social e econômica têm exigido uma permanente reflexão sobre a função do professor. É fundamental que o desempenho desse profissional na escola contribua para a formação como cidadão crítico, reflexivo e transformador da realidade. É na sua prática pedagógica que oprofessor pode e deve fazer a diferença enquanto educador e transformador de uma realidade, onde possa acontecer de fato a inclusão, com oportunidades iguais para àqueles que necessitam de um atendimento diversificado.
Uma das barreiras para que seja efetivada a inclusão é o despreparo dos professores do ensino regular em receber esses alunos. É preciso investir na capacitação continuada esensibilização de profissionais da educação para que de fato a inclusão aconteça nas escolas. Sabemos, no entanto, que promover a inclusão não é tarefa apenas do professor, mas de toda a escola. Por isso, a formação de professores para a educação inclusiva merece especial atenção, a reformulação de cursos de graduação e de especialização em Educação Especial.
Acreditamos que já existem váriasinstituições de ensino superior que oferecem formação de professores com enfoque na educação inclusiva, tanto nos cursos de graduação quanto nos cursos de pós-graduação. Porém, é de suma importância que haja trabalho de capacitação para os professores que já estão na rede regular de ensino, vivenciando ou prestes a vivenciar a experiência de ter um aluno portador de necessidades educacionais especiais...
tracking img