As cruzadas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1590 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO
CENTRO CIÊNCIAS NATURAIS
CURSO DE HISTÓRIA
RESENHA APRESENTADA NA DISCIPLINA HISTÓRIA MEDIEVAL 2007.1

FRANCO JÚNIOR, Hilário. As cruzadas. São Paulo: Brasiliense, 90 pp.

DANNIEL MADSON VIEIRA OLIVEIRA
TIAGO SILVA MOREIRA

Hilário Franco Júnior, autor da obra As cruzadas – coleção Primeiros passos -que vai explanar sinteticamente, mas de formaprimorosa as características concernentes ao período da História conhecido por Idade Média. Como o próprio título do livro deixa bem claro este irá retratar especificamente o tema Cruzadas, abordando suas causas e conseqüências num cenário expandido, o que facilita o entender de forma generalizada do mundo medieval. A estruturação desse livro paradidático é um fator determinante para a sua eficácia: umaescrita que permite ao leitor um entendimento quase instantâneo do texto, sem que haja uma vulgarização da linguagem, ou seja, não é nem muito simples e nem muito rebuscada, mas sim de uma maneira ideal, na “dose” certa; capítulos, subtemas e parágrafos pequenos, sempre com idéias concatenadas, estratégia que faz com que tenhamos uma leitura prazerosa, sem percebermos o passar do tempo. São algunsdos fatores que fazem da obra uma leitura rica, de fácil acesso e entendimento aos mais diversos tipos de leitores.
Quanto ao que diz respeito ao autor, Hilário Franco Júnior é professor de História Medieval na USP, fez seu doutorado nessa universidade e o pós-doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales, com Jacques Le Goff. Especialista em História Medieval e História Econômica,é membro da The Medieval Academy of America e da The Economic History Society. Atualmente prossegue suas pesquisas na instituição em que fez seu pós-doutorado com o apoio de Jean-Claude Schmitt. Além de vários artigos publicados em revistas especializadas nacionais e estrangeiras, é autor de diversos livros sobre a Idade Média. Os mais recentes: As utopias medievais, São Paulo, Brasiliense, 1992;A Eva barbada. Ensaios de mitologia medieval, São Paulo, Edusp, 1996 (Prêmio Jabuti); Cocanha. A história de um país imaginário, São Paulo, Cia. das Letras, 1998 (Prêmio Jabuti); Ano 1000: tempo de medo ou de esperança?, São Paulo, Cia. das Letras, 1999; A Idade Média. Nascimento do Ocidente, São Paulo, Brasiliense, 2006.
Analisando os capítulos contidos no livro As cruzadas faz-se um resumodos mesmos, que representam importantes marcos históricos da sociedade Ocidental - principalmente - e Oriental.
Nesse livro Hilário Franco Júnior busca elucidar termos e fatores relevantes para a efetivação das chamadas Cruzadas na Idade Média. Na sua introdução o autor tenta esclarecer o aparecimento do termo cruzadas no século XIII, pois os textos medievais que se têm relatos possuem outroscomo “peregrinação”, “guerra santa”, “expedições da cruz” e “passagem” como enfatiza Hilário. Contudo, a hipótese mais aceita é de que a expressão cruzadas seria uma derivação do fato de seus participantes serem chamados “soldados de Cristo”, bordando uma cruz em suas roupas.
Outra pergunta feita e explicada por Hilário é o que foram as Cruzadas? A priori o autor diz terem sido expediçõesmilitares empreendidas contra os inimigos da Cristandade e por isso legitimadas pela Igreja, que por sua vez, concedia aos seus participantes privilégios espirituais e materiais. Dentre os privilégios cedidos pela Igreja, são citados os principais: indulgência, ou seja, perdão dos pecados; pagamento de juros suspensos, com a liquidação das dívidas somente no retorno do cruzado, dentre outrosprivilégios.
As iniciativas das Cruzadas, na sua maioria, eram feitas pela Igreja na qual o Papa como chefe espiritual pregava a sua realização por parte dos Cristãos Ocidentais. No entanto, as operações militares eram quase sempre decididas pelo Rei ou pelos Senhores Feudais mais importantes, conseqüentemente, às vezes havia perca de controle do papado como o acontecido na Quarta Cruzada....
tracking img