As categorias de gramsci

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aula: As categorias de Gramsci.
A categoria do pensamento de Gramsci reflete numa análise atualizada de Marx, e ficou conhecida como a Teoria Ampliada do Estado ou a Teoria da Ação da Busca Revolucionária com base em outras estratégias e não aquelas que foram adotadas na Rússia e a situação pertinente mostraram na Europa as chamadas Sociedades Ocidentais, mostrou outro caminho outra estratégiapara a luta pra construção do socialismo. Possui ter parte anatomista da sociedade quanto as suas mudanças e transformações que processaram pós Revolução Socialista de 1917 e principalmente após o avanço das ideologias e da conservação da sociedade burguesa e das ideologias consideradas de Direita na Europa, entre elas: o Nazismo, o Fascismo, a expressão dessas ideologias de direita fortementecentrada na idéia do Cesarismo ou de um estado forte. A primeira questão importante para orientar a diferença do pensamento entre esses dois autores é a concepção que cada um tinha em relação que era a sociedade? E o que era o estado?
O Marx viveu no século XVX, quer dizer que havia uma natureza da sociedade que é diferente da natureza que a sociedade que Gramsci vai analisar. No século XVXfundamentalmente as mudanças ocorriam ou o poder consolidava, se mantinha no poder com principalmente como uso da força, essa força do pensamento de Marx, ela tem origem na força econômica e se estende para a força política e para a força ideológica do domínio que uma classe dominante tem de impor como centro universal os seus valores. Então a sociedade de Marx, a sociedade civil está intimamenterelacionada com a base material, com a infra-estrutura econômica da sociedade, ele via a sociedade civil como uma trama de relações que se dava em torno dos interesses econômicos e isso se refletia, ou isto era organizado, era estruturado com o aparato do Estado, que era o aparato político um instrumento de dominação da classe subordinada ou da classe dominada, a classe explorada.
Em Gramsci aocontrário do que o Marx diz a sociedade civil não pertence à infra-estrutura, e sim a super estrutura, o Gramsci desloca da base da infra-estrutura para a super estrutura a trama da dominação. E o estado para Gramsci não é algo impermeável as lutas de classes, mas atravessado por elas. O Estado não tem uma capacidade no século XX de manter a dominação só no plano da coerção, da força, é atravessado pelaluta de classes e não se reflete apenas como aparelho coercitivo e instrumento de dominação. Mas Estado também no pensamento de Gramsci ele reflete a trama política que acontece no interior da sociedade civil.
Para Marx a sociedade civil está na base (infra-estrutura), conjunto de forças e relações sociais que resultam também numa dominação através da força, do poder coercitivo do Estado. EGramsci desloca a sociedade civil para a super estrutura. A dominação não é só dominação, ela é dominação e consentimento, logo o Estado não terá só força, ele é força e também consentimento, ele é dominação mais sucesso.
O que é a Teoria Ampliada do Estado? E porque ampliou?
Como diz o Gramsci, na época em que Marx viveu, analisou a sociedade capitalista até então no século XVX, a sociedade civil, aluta pelo poder, estava realmente ainda iniciando, porque a burguesia já havia consolidado o seu poder, e a classe trabalhadora era frágil, pouco organizada, enfim, a sociedade civil, os meios de comunicação, as universidades, as escolas, ainda eram muito restritas o papel delas nessa trama política, os sindicatos, os partidos políticos eram frágeis. Por isso que Marx via o Estado só como força,via o Estado mais como coerção, a dominação de um grupo sobre o outro, CONCEITO CHAVE DO PENSAMENTO DE GRAMSCI, é, portanto, O CONCEITO DE SOCIEDADE CIVIL E SOCIEDADE POLÍTICA E CONCEITO DE HEGEMONIA.
Teoria da Hegemonia está ligada a concepção do Estado capitalista, que segundo afirma Gramsci, exerce o poder tanto de mediação, a força e quanto ao consentimento. Em Marx é fundamentalmente...
tracking img