Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (494 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O voto jovem de hoje. (parte 1)
Votar com consciência social ,discernindo o que é melhor para o município, mas sobretudo votar com o coração, com a sensibilidade e o senso de justiça para enxergar osofrimento dos pobres que mais precisam do serviço publico. Este é um direito e uma obrigação dos jovens que começam a participar, não apenas das eleições, mas também da organização de grupos e dodebate sobre o futuro que queremos. E alguns me dizem ainda que os jovens não gostam de política ,mas o jovem não é um sujeito isolado do restante da sociedade. E, de uma forma geral ,toda a sociedadetem partilhado certa descrença na ação política. Num contexto histórico em que muitas pessoas estão desanimadas com a política, é evidente que muitos jovens também vão partilhar desse sentimento. Noentanto o que é a política? Nas ultimas pesquisas realizadas com jovens sobre este tema é interessante notar que ,ao falar de política, muitos afirmam que não gostam. Mas quando se trata do tema daparticipação social, a maioria acha que é muito importante. E participar não é um ato político? A palavra política está muito associada ao governo ,ao partido e se ampliarmos esta noção de política paraa idéia de participação publica como tem um forte engajamento, maior inclusive que qualquer outro segmento social. Ainda sim muitos perguntam por que e o que leva os jovens a desacreditar na política.Primeiro, é entendermos o que de fato o jovem esta chamando de política. Algumas palavras são muito significativas, mas estão desgastadas quanto ao seu uso. Evidentemente isso não é por acaso. Nocampo da política institucional, a forma com que muitos políticos profissionais tem tratado as questões publicas faz com que desacreditemos que qualquer mudança seja possível. Da mesma forma, a mídiatambém contribui para que tenhamos uma idéia ruim da política. Valorize se muito, nos noticiários, atitudes de corrupção, nepotismo e muito pouco ou quase nada as boas ações políticas. Há uma serie...
tracking img