Artes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4400 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O positivismo foi fundado por Augusto Comte em contraposição às idéias que nortearam a Revolução Francesa no século XVIII e os respectivos valores da aristocracia, da monarquia absolutista. A doutrina de Comte parte do pressuposto de que a sociedade humana é regulada por leis naturais, invariáveis que independem da vontade e da ação humana, tal como a lei da gravidade. Para ele, as leis queregulam o funcionamento da vida social, econômica e política são do mesmo tipo que as leis naturais e, portanto, o que reina na sociedade é uma organização semelhante à da natureza, uma espécie de harmonia natural.
O positivismo do século XIX originou-se na Inglaterra e, talvez, por isso, se assemelhe ao empirismo, ao sensismo (e ao naturalismo) dos séculos XVII e XVIII, em razão de reduzir,substancialmente, o conhecimento humano ao conhecimento sensível, à metafísica, à ciência, ao espírito e à natureza, com as relativas conseqüências práticas. Diferencia-se, porém, desses sistemas por um elemento característico: o conceito de vir-a-ser, de evolução, considerada como lei fundamental dos fenômenos empíricos, isto é, de todos os fatos humanos e naturais. Tal conceito representa um equivalentenaturalista do historicismo, do idealismo da primeira metade do século XIX, com a diferença que este último concebia o vir-a-ser como desenvolvimento racional, teológico, ao passo que o positivismo o concebe como evolução por causas. Através de um conflito mecânico de seres e de forças, mediante a luta pela existência, ocorre uma seleção natural, isto é, uma eliminação do organismo maisimperfeito, sobrevivendo o mais perfeito. Daí o positivismo acreditar firmemente no progresso - como nele já acreditava o idealismo. Trata-se, porém, de um progresso concebido naturalisticamente, quer nos meios, quer nos fins visando ao bem-estar material.
O positivismo, enquanto método de análise é uma concepção de mundo, é uma postura diante da realidade social. Esta postura consiste em tomar aobjetividade como
59
sendo a realidade social. É, na verdade, a expressão privilegiada do modo de pensar próprio da sociedade burguesa. A característica do pensamento positivista é a aceitação da objetividade imediata que a sociedade oferece.
A filosofia da história, tal como concebe Comte, entende que as idéias é que conduzem e transformam o mundo, e é a evolução da inteligência humana que comanda odesenrolar da história. Comte admitia que nós não podemos conhecer o espírito humano senão através de obras sucessivas sobre a civilização, a história do conhecimento e das ciências. O espírito não poderia conhecer-se interiormente. Comte rejeitava a introspecção, porque o sujeito do conhecimento se confunde com o objeto estudado e, porque, para se conhecer, é preciso investir nas obras da culturae, particularmente através da história das ciências. A vida espiritual autêntica não é uma vida interior, é a atividade científica que se desenvolve através do tempo. O espírito humano, em seu esforço para explicar o universo, passa sucessivamente por três estados: Teológico ou Fictício, Metafísico e Positivo. A lei dos três estados não é somente verdadeira para a história da nossa espécie, ela o étambém para o desenvolvimento de cada indivíduo.
A ciência que Comte chamara primeiramente física social, e para a qual depois inventou o nome de sociologia reveste-se de importância capital. Nela irão se reunir o positivismo religioso, a história do conhecimento e a política positiva. O espírito positivo tem que fundar uma ordem social. A construção de um saber positivo é a condição de que hajauma autoridade social suficiente e isto reforça o caráter histórico do positivismo.
Comte, ao criar a sociologia, a sexta ciência fundamental, a mais concreta e complexa, cujo objeto é a humanidade, encerra as conquistas do espírito positivo. O nascimento da sociologia representa o fato de que não mais existe no universo qualquer refúgio para os deuses e suas imagens metafísicas. O objeto...
tracking img