Arquitetura paulista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1590 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ai sim hein!
(Shopping Light)
Rua Cel. Xavier de Toledo, nº 23 x Viaduto do Chá x Rua Formosa
Número de pavimentos: doze mais ático
Ano de conclusão: 1929 (primeiro estágio); 1941 (segundo estágio)
Uso atual: shopping center
Arquiteto: William Proctor Preston
Proteção: Condephaat



O prédio da Light, cujo nome oficial é prédio Alexandre Mackenzie, é um dos mais esplêndidosedifícios da cidade. Enobrecendo aquela que já foi chamada de "a esquina mais movimentada do Brasil", da Xavier de Toledo com o Viaduto do Chá, também tem uma fachada na rua Formosa. Sua localização privilegiada propicia belas perspectivas visuais, desde o Viaduto do Chá e do Anhangabaú.
O papel da The São Paulo Light & Power na história da industrialização da cidade é cercado de polêmica. Para uns, foifundamental para o desenvolvimento econômico de São Paulo, fornecendo energia elétrica para um parque industrial que se desenvolvia com velocidade não superada em qualquer parte do mundo. Citam as impressionantes obras de engenharia, as represas Guarapiranga e Billings (nome de um engenheiro da Light), que armazenavam a água do rio Pinheiros, cujo curso foi revertido, passando a correr não para orio Tietê, mas para o mar, através da gigantesca tubulação que desce a serra do Mar e alimenta a usina Henry Borden (ex-chairman da Brazilian Traction, controladora da Light - atual Brascan).
Outros apontam os efeitos perniciosos do monopólio exercido pela empresa, tida como precursora do "lobby" político no Brasil, os métodos nada éticos com que sufocou a pouca concorrência antes da consolidaçãodesse monopólio. Citam como exemplo a Companhia Viação Paulista, de bondes puxados a burros, liquidada em janeiro de 1900, logo após a chegada da Light. Ou a disputa com a Companhia Água e Luz, que em 1909 oferecia preços três vezes menores que os cobrados pela Light, caso a lei que garantia a livre concorrência fosse respeitada - o que a Câmara municipal desconsiderou, garantindo à Light omonopólio dos serviços de eletricidade. Por esses e outros motivos companhia era chamada ironicamente de "Sao Paulo Light & Too Much Power" nos cartuns do personagem Juca Pato, a criação memorável de Belmonte
A The Sao Paulo Light & Power foi criada em Toronto por carta-patente da rainha Vitória da Inglaterra em 7 de abril de 1.899, e autorizada a funcionar no Brasil no mesmo ano pelo presidenteCampos Salles. Foi constituída por um grupo de capitalistas canadenses, liderados pelo americano Frederick Starck Pearson, o verdadeiro mentor da empresa. Pearson havia comprado do italiano Francisco Gualco e de Antonio Augusto de Souza a concessão para implantar o serviço de bondes elétricos e fornecer energia elétrica à cidade - concessão essa que havia sido obtida da Câmara Municipal.
Em 1901, éinaugurada a primeira Usina Elétrica da Light - a de Parnaíba. Antes disso, em 7 de maio de 1900, começou a circular o primeiro bonde elétrico da cidade. A partir de então, a Light cresce a reboque da fantástica explosão industrial em São Paulo. Em 1.900, havia 165 indústrias na cidade. Vinte anos depois, passaram para 4.415.
Em 1914 Frederick Pearson morreu no afundamento do navio Lusitânia, e adireção da Light passou para Alexander (Alexandre) Mackenzie. Pearson também havia sido o presidente de diversas empresas coligadas, como a Rio de Janeiro Light & Power, a Mexican Tramway, a Mexican Light & Power, a São Paulo Electric Co (que atendia a região da Sorocabana), a Barcelona Traction, a San Antonio Land & Development, e várias outras.
Em 1943 a Light foi objeto de uma ComissãoParlamentar de Inquérito que apontou uma série de irregularidades e abusos cometidos pela companhia, entre os quais: sabotagem da construção da usina de Salto no rio Parnaíba; manobras no sentido de obter decretos-leis do governo que eximissem a empresa do cumprimento de obrigações legais; influência ou pressão sobre funcionários encarregados do andamento de processos administrativos necessários à...
tracking img