Arquitetura naval

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3707 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
ESCOLA POLITÉCNICA – CENTRO DE TECNOLOGIA
ENGENHARIA NAVAL E OCEÂNICA

[pic]


PRIMEIRO TRABALHO PRÁTICO

RELATÓRIO

REPRESENTAÇÃO DA FORMA DO CASCO DE UMA EMBARCAÇÃO




DISCIPLINA: ARQUITETURA NAVAL I
PERÍODO: 2011-1


ALUNO: Gastão Soares de Moura
DRE: 107348913




ÍNDICE

1. INTRODUÇÃO


2. OBJETIVO


3. MODELODO PLANO DE LINHAS
1. ESCALA
2. LINHAS DE GRADE
3. ORIENTAÇÕES CARTESIANAS
4. TRAÇADO


4. ANÁLISE DE DADOS
4.1 CALCULOS HIDROSTÁTICOS
4.2TABELA DE COTAS


5. MODELAÇÃO COMPUTACIONAL DA FORMA
5.1 O ‘’SOFTWARE’’ FREESHIP
5.2 CÁLCULOS HIDROSTÁTICOS



6. ANÁLISE DE DADOS

7. CONCLUSÃO








ANEXO A – Tabela de cotasANEXO B – plano de linhas
ANEXO C – artigo
























1. INTRODUÇÃO:

Através de uma pesquisa preliminar, selecionou-se um artigo que serviu de base para a representação na qual iremos trabalhar. Este deveria conter as três vistas principais de uma embarcação: vista frontal, vista lateral e vista superior. Além disso, a embarcação deveria medirmenos de 35 metros de comprimento. Foi sugerido que o artigo possuísse as seguintes informações: Comprimento total (Loa), Boca (B), Calado (T) e Pontal (D).


O Trabalho Prático foi dividido em duas partes:

- Esboço da forma do casco: é uma representação em desenho a mão, na qual se têm uma idéia da forma do casco, uma vez que se têm menos informação da Tabela de Cotas. Calculou-se,também, o Centro de Carena e o Volume Submerso ;


- Modelação no Free Ship: utilizam-se as informações da Tabela de Cotas do Plano de Linhas para "input" no programa Free Ship. Através da representação 3D e das ferramentas do programa, pode-se visualizar e corrigir irregularidades na representação da forma do casco.






2. OBJETIVO:


Neste relatório temos como objetivorepresentar e analisar a geometria do casco de uma embarcação pré-determinada. Para representação da geometria, adotou-se o Plano de Linhas, ou seja, a projeção do casco em vistas ortogonais. Do plano de linhas, serão extraídos todos os dados necessários para que sejam realizados os cálculos do Volume Submerso e do Centro de Carena. Essas informações serão organizadas numa tabela denominada Tabelade Cotas, que auxiliará, também, na modelação geométrica 3D, no programa Free Ship
Com isso, poder fazer uma análise através da comparação dos resultados dos cálculos hidrostáticos do modelo computacional com os do plano de linhas.

3. MODELO PLANO DE LINHAS:




Na pesquisa pelo artigo, foi selecionado o hull 923 do site www.specmar.com.au , de onde foram tirados os seguintesdados:
[pic]
- Length (Loa): 6,32 m
- Breadth (B): 2,49 m


Porém, na medição do casco (sem borrachões, leme e hélice), verificou-se os seguintes valores:

- Pontal (D): 1,14 m
- Calado (T): 0,46
- Boca (B): 2,49 m
- Comprimento (Loa): 6,32 m

E teve-se que estimar a posição da Perpendicular de Ré (PR)e da Perpendicular de Vante (PV). A primeira foi posta noexato ponto de encontro entre a linha de calado com o espelho de popa e a segunda no encontro da linha do calado com o casco á vante da embarcação. Após mediu-se a distância entre elas (Lpp):

Distância entre as Perpendiculares (Lpp): 5,48 m








3.1 Escala
Para melhor representação do plano de linhas no A3 milimetrado, torna-se necessária a mudança de escala. A figura doartigo estava na escala 1:35 e foi adotada a escala 1:20 no A3.


3.2. Linhas de Grade
Desenhou-se a grade no A3 milimetrado como instruído pelo arquivo trap01: à tinta, com auxílio de instrumentos e definindo três planos: Plano de linhas do alto (Lpp X D), plano de linhas d'água (Lpp X B/2) e plano de balizas (B X D).


| |Verticais...
tracking img