Aprender a ler o mundo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3078 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS
MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
UNIDADE CURRICULAR: EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS E DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO






ADRIANA PEREIRA MARTINS








APRECIAÇÃO DAS OBRAS: “APRENDER A LER O MUNDO: ADAPTAÇÃO DO MÉTODO DE PAULO FREIRE NA ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS” E “ DA UNIFORMIDADEÀ DIVERSIDADE METODOLÓGICA OU A DIFERENCIAÇÃO PEDAGÓGICA NUMA ESCOLA PARA TODOS”








JOÃO PESSOA
2011
UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS
MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
UNIDADE CURRICULAR: EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS E DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO






ADRIANA PEREIRA MARTINS



APRECIAÇÃO DAS OBRAS:“APRENDER A LER O MUNDO: ADAPTAÇÃO DO MÉTODO DE PAULO FREIRE NA ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS” E “ DA UNIFORMIDADE À DIVERSIDADE METODOLÓGICA OU A DIFERENCIAÇÃO PEDAGÓGICA NUMA ESCOLA PARA TODOS”


Trabalho apresentado à disciplina de EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS E DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO, ministrada pelo professor Dr. JOSÉ BERNARDINO DUARTE como requisito avaliativo.Turma 5
Polo João Pessoa








JOÃO PESSOA
2011
SUMÁRIO


1. Análise do texto 1: APRENDER A LER O MUNDO: Adaptação do método de Paulo Freire na alfabetização de crianças..................................................03

Parte I: Levantamento dasideias-chave.............................................................03
Parte II: Comentário crítico................................................................................05
Parte III: Reflexão sobre a aplicabilidade do texto à prática profissional........07

2. Análise do texto 2: DA UNIFORMIDADE À DIVERSIDADE METODOLÓGICA OU A DIFERENCIAÇÃO PEDAGÓGICA NUMA ESCOLA PARATODOS..................................................................................07


Parte I: Levantamento das ideias-chave.............................................................08
Parte II: Comentário crítico..........................................................................10
Parte III: Reflexão sobre a aplicabilidade do texto à prática profissional.........11REFERÊNCIAS.................................................................................................12













Análise do texto 1:


APRENDER A LER O MUNDO: Adaptação do método de Paulo Freire na alfabetização de crianças

Autores: Olívia S. L. Leite e José B. Duarte
(Revista Lusófona de Educação, Num. 10, 2007, pp. 41-50 – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias –Portugal)


Parte I: Levantamento das ideias-chave

“Aprender a ler e escrever é, antes de tudo, aprender a ler o mundo, compreender o seu contexto, localizar-se no espaço social mais amplo, a partir da linguagem. Pensamos como Paulo Freire (1979) que o homem está no mundo e com o mundo, produzindo-o e transformando-o, preenchendo com a cultura os espaços geográficos e os tempos históricos.Ele se identifica com sua própria ação: objetiva o tempo, temporaliza-se, faz-se homem-história. Por isso, alfabetizar, para Freire, é valorizar a sabedoria resultante das experiências culturais locais do alfabetizando, possibilitando que ele avance para além de suas crenças em torno de si no mundo e de si com o mundo.” (p. 42, 2007).

“Nas práticas de produção escrita de texto, segundo PauloFreire, as atividades são sempre precedidas por momentos de intensa troca e de diálogos entre educandos e educador. Desta forma, na nossa adaptação, as crianças vivenciam situações de interação verbal, constituem-se sujeitos na relação, apropriando-se e recriando a fala do outro. Este exercício da oralidade, segundo Freire e Macedo (1994), é fundamental na prática da alfabetização, pois a...
tracking img