Aprendendo a ler o mundo: a geografia nos anos iniciais do ensino fundamental - helena copetti callai

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2107 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Objetivos do texto:
Este texto tem como objetivo enfatizar a importância de se aprender a geografia nas séries iniciais do ensino fundamental, partindo da leitura do mundo, da vida e do espaço vivido. Considera os conteúdos da geografia presentes nos currículos escolares como uma das maneiras de contribuir na alfabetização da criança, discutindo as exigências teóricas e metodológicas dageografia para referenciar o ensino e a aprendizagem.

Conceitos utilizados:
Conceitua o papel da geografia no âmbito do ensino e aprendizagem nas séries iniciais e também no espaço.

Resumo:
Tendo como foco a possibilidade de a criança estudar a geografia no início de sua escolarização, em um contexto de mudanças na educação no Brasil, a geografia, como componente curricular, também semodifica. A leitura do mundo é fundamental para que nós, que vivemos em sociedade, possamos exercitar nossa cidadania. Uma forma de fazer está leitura do mundo é por meio da leitura do espaço, que possui todas as marcas do homem, indo muito além da cartografia, inserindo-se no cotidiano e no social. Logo, podemos dizer que o papel da Geografia é de ler o mundo da vida, ler o espaço e compreender que aspaisagens que podemos ver são resultado da vida em sociedade, dos homens em busca da sua sobrevivência e da satisfação das suas necessidades.
Qual é o lugar da geografia nas séries iniciais:
Para podermos aprender a pensar o espaço, é necessário aprender a ler o espaço e para isso se efetive são exigidas serie de condições. Todo esse processo inicia-se quando criança, na escola onde a mesmaaprende a saber, olhar, observar, descrever, registrar e analisar. Entretanto é de fato que com uma geografia tradicional, que é a comum no meio escolar, as contribuições ficam mínimas.
Uma prática tradicional na Escola Fundamental muito usada nas aulas de estudos sociais é o estudo do meio partindo das vivencias do aluno; sua casa, sua cidade, suas experiências, indo até o conteúdo a sertrabalhado. Este método é chamado de Círculos Concêntricos, que partem do mais próximo até o mais distante. Apesar da coerência e de parecer ser benéfico, este meio pode trazer muitos problemas, pois em um mundo em que a informação é veloz e atinge a todos no mesmo instante, não se pode esquecer o todo em um estudo e partir de determinados círculos hierarquizados. Partindo desse “eu”, cria-se umaproposição egocêntrica, afragmentando os espaços, sendo estudados isoladamente, como se tudo se explica-se naquele e por aquele lugar. Nesse sentido a referencia teórica é buscada tanto na geografia como na pedagogia que acreditam que o espaço e a aprendizagem acontecem através dos sujeitos. De fato, vemos a presença do positivismo na geografia, que mesmo com o mundo mudado continua ali.
O pedagogo e/nageografia:
Para extinguir com essa pratica tradicional na sala de aula, é preciso trabalhar com a de um jeito que encontre formas de compreender o mundo, produzindo um conhecimento legítimo e o professor acaba sendo uma fundamental dessa transformação. A clareza teórico-metodológica é fundamental para que o professor possa contextualizar os seus saberes, os dos seus alunos e os do todo o mundo asua volta, não deixando de reconhecer a história de cada um, mas tendo também história do grupo em geral. E é neste contexto que o entrelaçamento entre geografia e educação torna-se importante. Neste sentido, proceder para ensinar geografia nas séries iniciais é desafio, pois além de ler a palavra, é fundamental que a criança consiga fazer a leitura do mundo.
Alfabetização e alfabetizaçãoespecial:
O exercício da prática de fazer a leitura do mundo nasce com a criança, pois desde pequena seus contatos com o mundo, independentes de intermédio, almejam a conquista de um espaço. Um espaço que para ser conquistado, precisa ser compreendido. Ao fazer ações simples, como brincar, a criança está ampliando o seu mundo e reconhecendo a complexidade dele. Já na escola, a criança vai...
tracking img