Apostila formulas rm

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1568 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FÓRMULAS

As fórmulas são uma sequência de intruções ordenadas de forma lógica para a resolução de uma determinada tarefa ou problema. Para montar uma fórmula além de comandos e funções utilizamos também operadores aritméticos, relacionais e lógicos.
Os operadores aritméticos são usados para realizar operações matemáticas:
+ ( Adição
- ( Subtração
* ( Multiplicação
/ ( Divisão

Osoperadores relacionais são usados para fazer comparações:
> ( Maior que
< ( Menor que
>= ( Maior ou Igual
= 60 ENTAO
GRAVATAB(6,”CONCEITO”,”S”,”APROV”)
SENAO
GRAVATAB(6,”CONCEITO”,”S”,”REPRO”)
FIMSE

3) DECL – Comando usado para declarar as variáveis que serão usadas na fórmula. Variáveis são endereços de memóriadestinados a armazenar informações temporariamente, por isso seu valor só pode ser utilizado dentro da fórmula.


Ex. DECL RESULT, A1;
Criamos duas variáveis que poderão ser setadas com valores a serem trabalhados na fórmula. Não confundir as variáveis com os campos das tabelas, mesmo que tenham nomes iguais. No exemplo acima criamos a variável A1, que não é igual ao campo A1 databela emataluno. A variável só possui um valor depois que setado com o comando SETVAR (explicado abaixo) e esse valor só existe durante a execução da fórmula, não ficando guardado em nenhuma tabela do sistema.


FUNÇÕES DE FÓRMULA

Uma função é um instrumento que tem como objetivo retornar um valor ou uma informação. A chamada de uma função é feita através da citação do seu nome seguido de seuparâmetro (se for o caso) entre parênteses.

Funções comuns ao Ensino Superior e Ensino Básico:


CAMPOTAB


CAMPOTAB (CODIGO DA TABELA, CAMPO DA TABELA, TIPO DOS DADOS) Busca o valor do campo informado de uma tabela do registro selecionado.

Os códigos de tabelas válidos são:
6 – Tabela EMATALUNO
4 – Tabela EMATRICPL
5 – Tabela EALUNOTPR

O tipo de dados pode ser:
“S” – String(letra) – utilizado para comparar valores vazios
“V” – Value (Número) – utilizado para fazer cálculos

Ex: CAMPOTAB(6,"A1","V") – Busca o campo A1 da tabela EMATALUNO como valor.


GRAVATAB


GRAVATAB(CODIGO DA TABELA, CAMPO DA TABELA, TIPO DE DADOS, VALOR A SER GRAVADO) – Grava no campo de uma tabela o valor referenciado.

Os códigos de tabelas válidos são:
6 – Tabela EMATALUNO
4– Tabela EMATRICPL
5 - Tabela EALUNOTPR

O tipo de dados pode ser:
“S” – String (letra) – utilizado para comparar valores vazios
“V” – Value (Número) – utilizado para fazer cálculos

Ex: GRAVATAB(6,"CONCEITO","S","REPRO") – Grava a palavra “REPRO” no campo CONCEITO da tabela EMATALUNO como string.

SETVAR

SETVAR(VARIÁVEL, VALOR ) – Coloca um valor em uma variável previamente criadana fórmula. O valor pode ser um valor constante (fixo) ou o valor de um campo de uma das tabelas que podem ser utilizadas na fórmula.

Ex. SETVAR(TESTE, 1) – Seta o valor 1 (um ) na variável TESTE.
SETVAR(Nota1, CAMPOTAB(6,”A1”,”V”)) – Seta na variável Nota1 o valor do campo A1 da tabela emataluno.

Obs: No começo da fórmula, as variavés que serão utilizadas devem estar declaradas usandoo comando DECL.
Ex. DECL TESTE, Nota1;


NSITMAT


NSITMAT (PERIODO LETIVO, ORIGEM DOS DADOS, VALOR PROCURADO) - Retorna o número de ocorrências do VALOR PROCURADO no campo Conceito do PERIODO LETIVO informado.

Ex: NSITMAT(CAMPOTAB(6,”PERLETIVO”,”S”), CAMPOTAB (6,"MATALUNO","S"),'APROV')
Retorna quantas vezes a palavra “APROV” aparece no campo Conceito (tabela emataluno) do períodoletivo do registro em que a fórmula está sendo exeutada de acordo com o resultado da função campotab.

No Ensino Superior

NSITMAT (PERIODO LETIVO, MATRICULA DO ALUNO, CODIGO DO CURSO, CODIGO DA HABILITACAO, GRADE, STATUS) - Retorna o número de disciplinas com um determinado status em que o aluno está matriculado.

Ex: NITMAT(CAMPOTAB(6,”PERLETIVO”,”S”), CAMPOTAB(6,”MATALUNO”,”S”),...
tracking img