Aph do cbmmg em juiz de fora

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 70 (17410 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conceitos e definição de termos técnicos

Importante se faz a definição de termos técnicos utilizados no presente trabalho, considerando que existem conceitos desenvolvidos por autores distintos e obras técnicas do Corpo de Bombeiros Militar, como o manual do Bombeiro Militar (MABOM) e outros.


1) Atividade de Bombeiro - Segundo FERREIRA (1985, p 163) “Conjunto de tarefashomogêneas e/ou dependentes realizadas em locais de sinistro por determinada guarnição de bombeiros, com meios próprios e visando atingir um determinado fim”.



2) Atendimento pré-hospitalar do Sistema Resgate – em SOARES (1998, p.6) Atividade integrada pelos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde e Militares do Corpo de Bombeiros treinados na assistência de vitimas em locais deacidentes. Assistência prestada a uma vítima no local de sinistro, visando a manutenção de suporte básico de vida e estabilização para adequado transporte desta vitima a um centro hospitalar, se for o caso.



3) COBOM (Centro de Operações de Bombeiros Militares) – Segundo MINAS GERAIS (1994, p.8) Constitui-se de local de operação de Oficiais e praças responsáveis pelo recebimento dassolicitações da população pelo telefone 193 e do empenho das viaturas para atendimento de ocorrências, bem como local de coordenação das atividades operacionais do Corpo de Bombeiros.


4) Controle - Segundo SILVA (1995, p. 82), onde “Controle é o processo administrativo que consiste em verificar se tudo esta sendo feito de acordo com o que foi planejado e as ordens dadas, bem comoassimilar as faltas e os erros, a fim de repara-los a evitar sua repetição”.


5) Efetividade - para SILVA (1991, p. 3), “ É a conseqüência da eficiência e eficácia, propiciando um serviço ou produto de qualidade que a clientela deseja. É o fazer certo a coisa certa.”


6) Eficaz - Para SILVA (1991, p. 3), “Eficaz é o alcance dos resultados desejados ou pretendidos. É o fazer as coisascertas (orientação para os fins)”.


7) Eficiente - para SILVA (1991, p. 3), “Eficiente é o uso adequado dos recursos, processos e métodos disponíveis numa organização”. É o fazer a coisa certa (orientação para os meios).”





8) Emergência – Em FERREIRA (1985, p.134) Situação de uma vítima de acidente em que há risco de vida e faz-se necessária a assistência de pessoalespecializado no local do fato e rápida condução até uma unidade de atendimento médico.



9) Estratégia - segundo CARAVANTES (1997, p. 21), “Conjunto de decisão, tomadas de forma conscie nte, racional, coerente e planejada, sobre ações a serem utilizadas para a consecução dos objetivos da organização, tendo-se em vista o ambiente as variações e interferências do ambiente externo”.10) Modernização - segundo SILVA (1991, p. 4), “É reforma, racionalização, desburocratização, mudança e qualquer atualização de procedimentos, possível, tendo como preocupação a melhora do resultado a ser buscado”.



11) Médico Controlador – em SOARES (1998, p.6) Médico do Sistema Resgate que tem a função de coordenar o procedimento na ocorrência atendida pela Unidade de Resgate(UR) e atender as ocorrências em que se faz necessário a presença da Unidade de Suporte Avançado (USA)



12) Otimização - segundo FERREIRA (1985, p. 122), “Processo pelo qual se determina o valor ótimo de uma grandeza”.



13) Prevenção – segundo BUENO (1996, p.527) Conjunto de normas e ações adotadas pelo Corpo de Bombeiros Militar para a execução de sua missão institucional.14) Qualidade – segundo FERREIRA (1985, p. 140), “É a prioridade atribuída ou condições que, numa escala de valores permite avaliar e, portanto, aprovar, aceitar ou recusar qualquer coisa”.


15) Racionalização - segundo SILVA (1991, p. 21), É o emprego do raciocínio analítico, lógico e o resolutivo na empresa, sem sofrer o impacto emocional, dispondo os elementos necessários...
tracking img