Anus imperfurado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3583 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Anus Imperfurado (definição)
-
Anormalidade congênita caracterizada pela persistência da membrana anal, resultando no revestimento do CANAL ANAL normal por uma delgada membrana. A imperfuração nem sempre é completa e é tratada cirurgicamente na infância. O defeito é, com frequência, associado a DEFEITOS DO TUBO NEURAL, RETARDO MENTAL e SÍNDROME DE DOWN.
.

Imperfuração anal associada àagenesia parcial do sacro e lipoma pré-sacral: síndrome de Currarino

OBJETIVO: Relatar o caso de uma criança com síndrome de Currarino diagnosticada após avaliação por episódios recorrentes de infecção urinária. DESCRIÇÃO DE CASO: Menina branca de dois anos, única filha de pais hígidos e sem história familiar de defeitos congênitos. A criança nasceu com imperfuração anal e com fístula retovestibulardiagnos
Fonte: Revista Paulista de Pediatria. Data de publicação: 2010

Características anatômicas da genitália externa no recém-nascido

A determinação do sexo de uma criança, ao nascimento, é feita após a inspeção da genitália externa, que vai definir se é uma menina, um menino ou indefinido. O conhecimento da anatomia é que nos permite entender a morfologia e as variações anatômicas. Demaio de 1998 a novembro de 1999, foram estudados 1704 recém nascidos de diversos hospitais
Data de publicação: 2007


A incontinência anal é a incapacidade de controlar e sobretudo de impedir a eliminação anal de gases e fezes.
[pic]
Incontinência Anal
Acomete homens e mulheres e tem intensidade variável.
A perda de controle sobre a eliminação de fezes sólidas é geralmente denominada deincontinência anal total enquanto a perda de controle restrita à eliminação de gases ou fezes líquidas é chamada de incontinência anal parcial. A perda de gases associada ao escape de fezes líquidas em pequena quantidade manchando as vestes íntimas também pode ser chamado de incontinência leve. Trata-se de condição incapacitante, constrangedora e de repercussão sócio-econômica significativa. Nosgraus mais avançados, a perda de gases se associa a perda de fezes pastosas e fezes sólidas. A freqüência dos episódios de perda fecal também é levada em conta para a caracterização da gravidade da doença.
Não há nenhuma correlação entre incontinência anal e urinária. No entanto, ambas podem estar presentes em um mesmo pacientes secundárias a diferentes causas.
É condição mais freqüente em mulherese a chance de sua ocorrência aumenta com a idade (acima dos 65 anos a sua ocorrência pode triplicar).
A incontinência anal congênita (presente ao nascimento) resulta de malformações tais como a imperfuração anal (nesse caso a incontinência anal é uma seqüela da correção dessa anormalidade), a mielomeningocele e a espinha bífida.
A incontinência anal é mais freqüentemente adquirida e resulta noadulto de trauma obstétrico (má assistência ao parto vaginal ou pato vaginal difícil) ou mais frequentemente mas não exclusivamente de operações anais prévias realizadas sob indicação ou técnica inadequadas.
O diagnóstico é realizado facilmente pela entrevista e exame com o proctologista. O grau de incontinência deve ser determinado clinicamente (pela aplicação de um questionário e obtenção de umscore) porém sua definição deve ser subsidiada com o emprego de exames complementares disponíveis hoje com razoável facilidade em São Paulo.
Nos indivíduos idosos para os quais a verificação de grau leve ou incompleto de incontinência é comum e não raramente associado a más condições clínicas gerais, o tratamento não-cirúrgico produz bons resultados. A incontinência que produz sintomas maissignificativos e refratários às medidas incruentas utilizadas é mais freqüentemente resultado de dano ao aparelho esfinctérico associado em maior ou menor grau a denervação do assoalho pélvico (neuropatia). Para esses pacientes, via de regra, reserva-se o tratamento cirúrgico.
O emprego de dieta constipante, de antidiarréicos, da reeducação do hábito intestinal e do fortalecimento da musculatura do...
tracking img