Antropologia social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (583 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PRIMEIRA PARTE
Periodo de Escravidao no Brasil
A escravidão, também conhecida como escravismo ou escravatura, foi a forma de relação social de produção adotada, de uma forma geral, no Brasil desdeo período colonial até o final do Império. A escravidão no Brasil é marcada principalmente pelo uso de escravos vindos do continente africano, mas é necessário ressaltar que muitos indígenas tambémforam vítimas desse processo. A escravidão indígena foi abolida oficialmente por Marquês do Pombal, no final do século XVIII.[1]
Os escravos foram utilizados principalmente na agricultura – comdestaque para a atividade açucareira – e na mineração, sendo assim essenciais para a manutenção da economia. Alguns deles desempenhavam também vários tipos de serviços domésticos e/ou urbanos.
Os escravosforam utilizados principalmente em atividades relacionadas à agricultura – com destaque para a atividade açucareira – e na mineração, sendo assim essenciais para a manutenção da economia. Alguns delesdesempenhavam também vários tipos de serviços domésticos e/ou urbanos.
A escravidão só foi oficialmente abolida no Brasil com a assinatura da Lei Áurea, em 13 de maio de 1888.[2] No entanto, otrabalho compulsório e o tráfico de pessoas permanecem existindo no Brasil atual, a chamada escravidão moderna, que difere substancialmente da anterior.
SEGUNDA PARTE
Análise Contemporanea
Seria muitobom se pudessemos dizer que foi posto um fim a escravidao atraves da lei aurea.
Mas na realidade nao e o que encontramos por ai, pois vemo que entre 1995 a maio de 2006 mais de 19 mil trabalhadoresforam encontrados em condiçoes análogas à de escravos.

E esse quadro não se restringe a distantes e “inatingíveis” pontos do território na¬cional, locais em que o imaginário coletivo facilmentedenominaria de “perdidos no tempo”. Esse quadro não ocorre isolado de uma realidade mais ampla, não se afasta de modernos atores econômicos, mas, antes, se repete nas grandes capitais brasilei¬ras do...
tracking img