Anticorpos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1918 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
NAYARA
Anticorpos
São moléculas de glicoproteínas (são proteínas não ramificadas, formadas por unidades dissacarídicas que não se repetem ligadas covalentemente em estrutura peptídica, sendo os açúcares o seu grupo prostético - A porção não-constituída por aminoácidos de uma proteína conjugada) importantes produzidas por um organismo por meio dos glóbulos brancos, chamados linfócitos B. São dotipo das gamaglobulinas, denominadas também de imunoglobulinas (Ig). Os anticorpos destinam-se a combater os antígenos (corpos estranhos) que invadiram esse organismo. Para cada antígeno, deve ser produzido um anticorpo especifico. O ser humano possui vários tipos de imunoglobulina.
A molécula protéica de um anticorpo é complexa e possui o aspecto da letra Y, chamada de Região da Dobradiça. Nosangue humano, aproximadamente 20% das proteínas encontradas no plasma sanguíneo são anticorpos.
As principais ações dos anticorpos são a neutralização de toxinas, recobrimento de antígenos, destruição celular e fagocitose auxiliada pelo sistema complemento (É um grupo de proteínas com a função de controlar o processo inflamatório).
JAQUELINE
Produção de Anticorpos
Os anticorpos estãopresentes no plasma e são produzidos quando certo antígeno fica em contato com o sistema imunológico dos seres humanos, o mesmo contém o mecanismo para neutralizar os antígenos e produzir anticorpos. 
Eles atacam os antígenos que causam as doenças.

Então no caso de uma picada de inseto, o corpo produzirá anticorpos contra os antígenos deste, ou seja, se você for picado por um borrachudo, osanticorpos produzidos combaterão somente os efeitos causados pelo borrachudo, não servindo para picadas de nenhum outro inseto.


Células de Defesas

As células que iniciam o combate são chamadas de macrófagos. Elas capturam as substâncias estranhas encontradas no interior do organismo e alertam o sistema imunitário sobre a invasão.

Em seguida, entram em ação dois tipos especiais de glóbulosbrancos, os linfócitos T e os linfócitos B. Os linfócitos T identificam os intrusos capturados pelos macrófagos e disparam um outro alarme, avisando os linfócitos B para que comecem a agir.

Os linfócitos B produzem os anticorpos, específicos para atacar cada tipo de invasor. Uma vez recobertos por anticorpos, os intrusos são englobados e destruídos pelos macrófagos.

Após sofrer um ataque, osistema imunológico produz células capazes de memorizar o anticorpo utilizado no combate ao intruso. Elas são chamadas de células de memória. Assim, se o organismo for atacado novamente pelo mesmo invasor, a resposta imune será muito mais rápida e eficaz.

JOANA
Ação e Função dos Anticorpos
 Os anticorpos agem aderindo à superfície do corpo estranho, isto impede a multiplicação dos microorganismose inibe a ação das toxinas.
 
A reação do anticorpo contra o corpo estranho chama-se reação Antígeno-Anticorpo, esta, vai atrair os macrófagos que vão fagocitam tanto o anticorpo quanto o corpo estranho. Após este procedimento, o macrófago se autodestrói (este processo é conhecido como autólise).
 
Existe uma resposta imune dividida por anticorpos (IA), que é quando através dos anticorpos quedenominam a destruição pelos linfócitos, os antígenos se neutralizam.
> Esta resposta é dividida em:
Resposta humoral - eficiente contra os antígenos que circulam no sangue.
Resposta de anticorpos locais - preserva as membranas das invasões.
Resposta imune celular (IC) - ela paralisa as células infectadas.
A ação dos anticorpos começa bem cedo, ainda na fase intra-uterina eles já começam atrabalhar copiando e armazenando todas as seqüências de aminoácidos existentes no corpo do feto.
 

Como atuam no Organismo
 
Após o nascimento, ele atuará na defesa de nosso organismo da seguinte forma: através da ação vigia do linfócito C, que após ser atraído para os locais onde houve morte celular, fará o reconhecimento de todas as proteínas (aminoácidos). 
 
ISABELLA

No caso de um...
tracking img