Angola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1413 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Monge e o Executivo
Uma História sobre a essência da liderança
James C. Hunter

Capítulo Um
As Definições
No Capítulo Um o autor James C. Hunter faz uma análise do que vem a ser Liderança. Ele nos faz ver como deve ser um verdadeiro líder, aquele quealcança seus objetivos influenciando pessoas e não intimidando, ou seja, um líder que veja seus subordinados como uma equipe e não como empregados subjugados pelo poder de um cargo ou posição.
Hunter nos mostra o quanto é equivocada a aproximação que se costuma fazer entre liderança e poder. Enquanto poder remete à força ou a “capacidade de coagir alguém a fazer sua vontade”, a verdadeira liderança,segundo ele, é “a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir objetivos comuns”. E como se consegue formar um verdadeiro líder? Como exercer essa liderança sem perder a cabeça com a sensação que o poder pode nos dá?
Neste primeiro capitulo o autor usa a figura de Simeão, codinome de Leonard Hoffman, um famoso empresário que abandonou os negócios para seisolar num mosteiro onde vive recluso e onde dá palestras para empresários e/ou lideres que, por um motivo ou outro, se sentem insatisfeitos com o rumo de suas vidas.
Simeão começa a traçar junto com seus ouvintes os conceitos que os levarão a entender quais os verdadeiros atributos de um líder e quais as responsabilidades que tal posição acarreta. Uma das primeiras lições que Simeão lhes ensina ésobre a importância de ouvir. Ouvir com atenção, com interesse, lembrando que se está lidando com pessoas e mais, com as expectativas dessas pessoas. Simeão segue, mostrando que lidar/liderar pessoas é tarefa delicada e que requer habilidades especiais pois é preciso conquistar a confiança do grupo, confiança essa que deve ser baseada no diálogo priorizando a construção de relacionamentos em queimperem a confiança e o respeito.
É pensando na harmonia do individuo que o verdadeiro líder constrói um conjunto coeso capaz de levar a bom termo os objetivos comuns. O Monge segue sua aula fazendo com que os próprios alunos desenvolvam os conceitos necessários a uma liderança precisa. Eles descobrem então a importância de se tratar o outro, mesmo ao seu subordinado, da mesma forma como gostariade ser tratado.
Uma outra lição que o grupo aprende é a diferença entre Poder e Autoridade e descobre que embora pareçam andar juntos, esses conceitos nem sempre se complementam, pois o poder pode obrigar alguém a executar determinada tarefa imposta mas nem sempre ela será executada satisfatoriamente podendo inclusive, prejudicar o bom desempenho da mesma se o executante estiver insatisfeito aopasso que o líder, com sua autoridade, convence de que o bom desempenho de determinada tarefa é benéfica para o grupo como um todo e portanto todos se mostrarão dispostos a se empenhar para conclui-la com êxito.
Um bom líder ou um líder nato constrói relações de fidelidade com seu grupo e isso é o que faz a diferença, seja na condução de uma Empresa, na relação familiar ou social.

CapituloDois
O Velho Paradigma

Neste capitulo Leonard Hoffman, ou melhor, Simeão aceita conversar com John, um de seus alunos, longe do grupo, fora dos horários habituais. John está procurando respostas para sua insatisfação pessoal e também está curioso para descobrir o que levou Hoffman a abandonar uma carreira tão brilhante e no auge por um isolamento quase total num mosteiro.
Na primeira dessasconversas o irmão Simeão observa que John não é um bom ouvinte e ele se mostra surpreso, embora já houvesse sido alertado desse fato. Na verdade, John começa a perceber o quanto está longe de ser um líder e de como ele carregava o ranço muito comum aos homens que por algum motivo detém algum poder e confunde esse poder com autoridade. Começa então a visualizar a raiz de muitos de seus problemas,...
tracking img