Anemia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2052 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANEMIAS

A anemia é definida como a presença de eritrócitos, concentração de hemoglobina e/ou hematócrito abaixo dos valores normais de referência.


SINAIS CLÍNICOS

Os sinais clínicos da anemia resultam da reduzida capacidade de o sangue carrear oxigênio e de certos ajustes fisiológicos para aumentar a eficiência da reduzida massa de eritrócitos circulantes e reduzido trabalho docoração. Assim, o desenvolvimento de vários sinais clínicos depende do grau e da causa da anemia. Os mais comuns são dispneia ,intolerância ao exercício, palidez das mucosas, aumento da freqüência cardíaca, algumas vezes acompanhada de murmúrios (sopro sistólico), aumento da freqüência respiratória e depressão. Na anemia hemolítica aguda incluem-se ainda icterícia, hemoglobinemia, hemoglobinúria e febre.Na perda crônica de sangue, o organismo consegue manter a homeostase circulatória e em alguns casos, mesmo com menos de 50% da hemoglobina normal, o animal pode não apresentar sinais clínicos.



CLASSIFICAÇÃO DAS ANEMIAS

A anemia pode ser classificada como relativa ou absoluta, em termos de massa total de eritrócitos. A anemia relativa pode se desenvolver pela expansão do volumeplasmático, como em fêmeas gestantes e neonatos ou após fluidoterapia. A anemia absoluta é clinicamente importante e merece ampla investigação. Trata-se da forma mais comum de anemia, e é classificada de acordo com a morfologia dos eritrócitos, mecanismos patogênicos e resposta eritróide da medula óssea. Embora nenhum destes fatores seja completamente satisfatório quando considerado isoladamente, eles sãocomplementares, e juntos proporcionam meios lógicos de se analisar a anemia. O objetivo de se classificar as anemias em vários tipos é determinar possíveis mecanismos patofisiológicos e causas prováveis. Anemia por uma causa particular pode envolver mais de um mecanismo patogênico (por exemplo, componente hemolítico como supressão da eritropoiese). Uma prática comum é avaliar inicialmente umhemograma para se classificar a anemia morfologicamente com base no VCM (volume corpuscular médio) e no CHCM (concentração de hemoglobina corpuscular média). Evidência de reposta medular à anemia é então obtida através da determinação do grau de reticulocitose ou policromasia no sangue.


CLASSIFICAÇÃO ETIOLÓGICA OU MECANISMO PATOGÊNICO

A anemia pode ocorrer por perda de sangue (hemorragias),destruição acelerada dos eritrócitos ou diminuição na produção eritrocitária que é a hipoplasia ou aplasia da medula óssea, incluindo a utilização deficiente de nutrientes essenciais para a produção de eritrócitos. A hemorragia pode ser aguda ou crônica. A hemorragia aguda pode ser causada por traumas, úlceras gastro-intestinais, cirurgias, defeitos na hemostasia (intoxicação por warfarina, samambaia eoutros), enquanto que as causas de hemorragia crônica podem ser: parasitismo, úlceras gastro-intestinais, hematúria, neoplasias, etc.
Os achados laboratoriais nas anemias por perda de sangue incluem: resposta regenerativa, a qual ocorre após dois a três dias; redução na concentração de proteína plasmática total, se a hemorragia for externa, pois deste modo não há reutilização de certoscomponentes (ferro e proteína plasmática), os quais podem ser reabsorvidos na hemorragia interna. Poucas horas após a perda de sangue os valores do eritrograma permanecem normais, embora ocorra o movimento intravascular de fluido para o espaço extravascular, assim a anemia não é evidente nos primeiros momentos da perda aguda de sangue. A expansão do volume plasmático para um nível normal é indicada devidoà diminuição da concentração de proteínas plasmáticas, seguida pela diminuição dos parâmetros do eritrograma. Esta redução da proteína é evidente em uma hora após a perda aguda. Se continuar a hemodiluição, há uma significativa queda nos valores do eritrograma e proteínas plasmáticas em quatro horas. A amostra de sangue colhida um ou dois dias após hemorragia revela anemia normocítica...
tracking img