Analise do filme 174

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1352 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Análise do filme ‘‘ÔNIBUS 174’.
Alessandro um menino criado sem pai biológico e longe de sua mãe e sem nenhuma base familiar, cresce em uma sociedade violenta, onde para se defender é preciso matar. Alessandro é filho de uma mulher abandonada por seu marido ao descobrir que está grávida. Incluída em um mundo de violência, drogas, seu filho é tirado de seus braços e passa a ser criado por umtraficante chamado ‘meleca’ que o ensina a usar a violência como forma de defesa, transformando assim Alessandro em uma criança violenta. Após algum tempo meleca é morto em uma invasão de sua favela, fazendo assim Alessandro fugir para sobreviver.
Alessandro não participa de uma socialização primária, pois seu laço familiar é rompido logo ao nascer, tirando assim a possibilidade de interiorizaraprendizados construídos em um meio familiar, onde a criança aprende e interioriza a linguagem, as regras básicas da sociedade, a moral e os modelos comportamentais do grupo a que se pertence. A socialização primária tem um valor primordial para o indivíduo e deixa marcas muito profundas em toda a sua vida, já que é aí que se constrói o primeiro mundo do indivíduo.
Alessandro só participa dasocialização secundária a partir do momento em que entra em contato com outras pessoas, mantendo assim relações sociais, onde essa socialização é um processo subseqüente que introduz um indivíduo já socializado em novos sectores do mundo objectivo da sua sociedade existindo uma aprendizagem das expectativas que a sociedade ou o grupo depositam no indivíduo relativamente ao seu desempenho, assim como dosnovos papéis que ele assumirá nos vários grupos a que poderá pertencer e nas várias situações em que pode ser colocado. Assim como Alessandro participa de uma socialização secundária ele acaba se tornando um ser sociocultural participando de diversos grupos e adquirindo papeis sociais.
Sandro é um menino que morava com sua mãe em uma favela. O inicio do processo de socialização acontece nestecenário. Mais aos seis anos acontece algo que muda completamente o rumo de sua vida. Após um assalto que acontece no barzinho de sua mãe, Sandro a encontra morta, presenciando uma cena de extrema violência. Como não conhece seu pai, passa a morar com uma tia, mas por problema de convivência com o namorado da mesma. Ao contrario do personagem citado no inicio, Sandro participa de uma socializaçãoprimária, pois possuiu um laço familiar até certos anos, adquirindo assim valores morais, teve a possibilidade de freqüentar uma escola mesmo não aprendendo a ler e escrever manteve contatos com outras pessoas.
Certo dia Sandro ao se direcionar a escola decide ir para a praia de Copacabana, ele tem contato com diversas pessoas na rua. Este será o meio que irá continuar seu processo desocialização primaria e posteriormente a secundaria. Sem nenhum alicerce familiar para interiorizar normas e valores, Sandro passa a ser membro dessa ‘’sociedade’’ a partir do contato com ela. Apreende tudo aquilo que a rua lhe ensina: prostituição; uso de drogas; tráfico, assaltos... Sem dúvida alguma seria impossível construir uma identidade de valor. Sandro torna-se um adolescente agindo conforme apreendeucom a família que teve os ‘’meninos de rua’’.
Sandro passa por um processo de socialização secundaria onde e um processo subseqüente que introduz um indivíduo já socializado em novos sectores do mundo objetivo da sua sociedade (na escola, nos grupos de amigos, no trabalho, nas atividades dos países para os quais visita ou emigra, etc.), existindo uma aprendizagem das expectativas que a sociedadeou o grupo depositam no indivíduo relativamente ao seu desempenho, assim como dos novos papéis que ele assumirá vários grupos a que poderá pertencer e nas várias situações em que pode ser colocado.
Mesmo freqüentando outras instituições, nunca conseguiu ler nem escrever e tudo que apreendeu para a construção da sua identidade foi a partir das relações inter-sociais. Onde o homem, ser social...
tracking img