Analise da reportagem o professor passou cola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1014 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O filme tem por finalidade mostrar a dinâmica educacional de forma clara e verdadeira, evidenciando as diferenças que ocorrem entre escolas públicas e escolas privadas no que tange aos problemas que as permeiam tendo como base da discussão a divisão de classe no qual tem como parceira a falta de administração pública.
A obra relata a falta de estrutura física das escolas, assim como adificuldade dos professores em lidar com a realidade do aluno que acaba levando seus costumes e vivências para dentro da sala de aula o acaba por muitas vezes sendo incompreendido pelo professor que não esta acostumado e preparado para lidar com tais questões. Há um esgotamento físico e mental por parte dos educadores que se sentem desmotivados, em meio a essa problemática, mostrando que o sistemaeducacional do país está à beira de um colapso e o estado nada faz a respeito.
Outra questão que o filme aborda é o abismo sócio-econômico que existe na educação, pois de um lado temos a elite que estuda em colégios, renomados, severos e conteudistas onde os alunos são “treinados” para ser o melhor no qual o problema existente colocados pelos alunos se refere ao lado psicológico, pois os mesmos sentemdificuldades de conciliar a exigência escolar com a vida social o que causa conflitos existenciais. Por outro lado temos os alunos de escola pública que possuem dificuldades que vão além da questão psicológica, pois são atraídos pelo a criminalidade que permeia sua realidade, pois muitas delas vivem em comunidade e não possuem muita expectativa de vida.
Outro ponto importante que o filme trata é aquestão da aprovação automática, uma das cenas mostra o conselho de classe onde o aluno não tem condições de passar em história, mas pelo fato de ter comparecido ao colégio os professores passam o aluno mesmo ele não tendo condições. Diante desta cena podemos verificar a que ponto chegou à educação no nosso país; temos hoje professores que não sabem lidar com aquele aluno considerado problema e aípara que o mesmo não atrapalhe aqueles considerados alunos ideais os professores acabam passando o indivíduo de série sem que ele tenha noção do que foi discutido naquela matéria.
Vivemos em nosso país uma crise muito grande onde as escolas públicas tem sido esquecidas pelo poder público no qual não destina verbas o suficiente para que tenhamos uma escola de qualidade no que tange estrutura,professores bem remunerados portanto satisfeitos e motivados para o trabalho. Como bem coloca Tomas Tadeu “As escolas públicas não estão no estado que estão simplesmente porque gerenciam mal seus recursos ou porque seus métodos ou currículos são inadequados. Elas não têm os recursos que deveriam ter porque a população a que servem está colocada numa posição subordinada em relação às relaçõesdominantes de poder.....Boa e muita qualidade para uns , pouca e má qualidade para outros.”
O combate a pobreza não está só ligado ao dinheiro, pelo contrário esta questão social esta mais ligada a criar novas redes, ou seja, novas relações sociais, pois a partir dessas redes é possível ter acesso a bens e serviços e a apoios sociais onde o dinheiro não é preciso, pois a pobreza não está relacionadaapenas ao estudo, mas também as relações sociais dos indivíduos e do meio em que vive, relações estas, estabelecidas em nossa sociedade no qual pode contribuir para a pobreza do país uma vez que segundo Marx a desigualdade social ultrapassa os limites materiais e se expressa em todas as esferas da vida humana, pois vivemos em uma sociedade que tem como base a alienação, marca das relações sociaisimposta pelo capitalismo, onde a desigualdade esta na má distribuição de renda e é muito bem explicada pela desigualdade educacional.
No Brasil vivemos uma escassez de programações e projetos educacionais que vise a preparação da sociedade para que ela se torne mais justa e igualitária, educação que é divida para pobre e para o rico, onde o aluno menos favorecido estuda na rede pública de ensino e...
tracking img