Amor na contemporaneidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1018 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
“Faz parte do trabalho do terapeuta restaurar no homem as feridas do desamor, resgatando nele a possibilidade amorosa. È o amor a serviço do resgate da amorosidade.”
O amor tem sido centro da atenção humana há muito tempo e muito já se escreveu sobre o tema; é assunto constante em poesias, musicas, filmes, novelas e livros. E mesmo sendo explorado há tanto tempo, ainda é um temaabsolutamente atual nos tempos em que o homem têm se voltado cada dia mais para seu sistema econômico capitalista predatório sem se dar conta que está se ilhando em meio a seus semelhantes. As relações tem se tornado cada vez mais liquidas e instáveis, onde cada vez mais a psicoterapia tem sido procurada na tentativa de superar esse vazio liquido existencial, que prejudica a qualidade e a capacidadede relacionamento das pessoas.

O amor se encontra colocado como objeto obscuro e desconhecido. Nos esquecemos que precisamos permitir que possamos ser tocados por “algo” para que possamos desfrutar novamente das cores que o mundo tem a nos oferecer.

Este trabalho visa compreender como se da esta relação de amor entre o terapeuta e o paciente e como o amor pode ser compreendido comopossibilidadede cura.
Na contemporaneidade temos relacionamentos configurados no conceito EU-ISSO. Segundo Buber (1974) no modelo de relação EU-ISSO convertemos o parceiro da relação em objeto, um objeto empírico de uso, isto é, tenho um relacionamento de uso.Trata-se então de uma configuração unidirecional de relacionamento entre o Eu (Egótico) e um objeto manipulável (lsso), uma relação em que nãoenvolvemos a totalidade de nosso ser, apenas parcialmente. O presente estudo busca entender até onde em uma terapia existencialista fenomenológica essa relação EU-ISSO permanece, em contra partida com a relação EU-TUonde, ainda em Buber. Temos uma relação ontológica onde nos envolvemos enquanto totalidade de ser, o que possibilita reciprocidade. O TU é relação e relação quer dizer um processo vivo,processo entre dois. Nesta relação não existem objetos, existem parceiro de relação, onde ambos são sujeitos.

Para que possamos desfrutar da relação EU-TU; para que possamos amar, precisamos estar disponíveis para este amor. Precisamos estar em estado de amor para compartilharmos o amor através do estado de amor. Citando Beatriz Cardella, o estado de amor nos permite apreciar as qualidades epotencialidades do outro e aceitar suas limitações. O amor tem como característica o Incondicional, que implica a capacidade de amar o Diferente e não somente o semelhante. O estado de amor permite o verdadeiro encontro com o outro e ainda possibilita o sentimento de harmonia com a humanidade.

Toda forma de relacionamento é valida de uma ressignificação para nos compreendermos como seresinterdependentes. E isso não se difere na relação Terapeuta-paciente. Citando Cardella (1994), O trabalho psicoterapêutico é uma prática do amor, pelo menos nas práticas humanistas e transpessoais. (pp. 57-58) Como diz Camon (2006) o amor entre o psicoterapeuta e o paciente é fundamental para o deselvolvimento satisfatório do processo. Não pode haver nenhum procedimento terapêutico se não ouver um grandeenvolvimento amoroso entre as partes, uma vez que amar é, antes de tudo, cuidar. (pg 115).
O amar terapêutico se configura como uma outra forma de percepção de relacionamento, onde o terapeuta se mostra disponível para o outro (paciente), desde que este também se encontre em estado de aceitação e disponibilidade. Para Cardella, amar o paciente permite ao terapeuta realmente Ver o humano que seencontra diante de seus olhos.
O amor terapêutico se manifesta como uma integração e diferenciação da personalidade que nos permite ver, aceitar e encontrar o outro (paciente) como um ser único.
O amor terapêutico não possui necessidades em relação ao paciente, ou seja, ele não pode ocupar o lugar de objeto de satisfação das necessidades do terapeuta como confirmação do amor. O terapeuta funciona...
tracking img