Alice nos pais das maravilhas comprando com a administração

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 42 (10256 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
“Alice no País das Maravilhas”: práticas organizacionais em uma empresa recuperada por trabalhadores

ORGANIZACIONAIS EM UMA EMPRESA RECUPERADA POR TRABALHADORES

“ LICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS”: PRÁTICAS A

O T

Joysi Moraes* Elaine Di Diego Antunes** Jorge Luis Moraes Doval*** Fabiane Costa e Silva****

RESUMO

caso apresentado é resultado de uma pesquisa realizada, ao longo de doisanos, em uma empresa recuperada por antigos funcionários, localizada no Rio Grande do Sul, que se tornou uma cooperativa industrial. Ressalta-se que a análise descrita neste artigo tem o recorte específico no que tange à questão da participação dos cooperados na gestão da organização. Com base nas observações realizadas ao longo da pesquisa de campo, optamos por apresentar o tema da participaçãoou gestão participativa no âmbito organizacional sob a crítica tragtenbergniana, que aborda o assunto, muitas vezes, como o conto de “Alice no País das Maravilhas”. Isto porque o fenômeno que ocorre na cooperativa, pelo menos no que diz respeito às suas práticas organizacionais, é ilustrativo do pensamento crítico de Tragtenberg acerca das práticas participacionistas utilizadas como merasferramentas de gestão. Para a explanação do caso, adotamos a intercalação entre o estudo empírico e a teoria de modo a facilitar a compreensão do leitor, bem como evitar fragmentações desnecessárias entre a teoria e a prática. Palavras-chave: Práticas Organizacionais. Empresa recuperada. Participação.

“ALICE IN WONDERLAND”: ORGANIZATIONAL PRACTICES IN A WORKER-RECOVERED COMPANY

ABSTRACT

This casestudy is the result of research carried out over a two year period at a firm located in Rio Grande do Sul that was taken over by former employees and became an industrial cooperative. The analysis described in this article focuses specifically on the issue of the participation of the members of the cooperative in the management of the organization. Based on the observations made during the fieldstudy, it was decided to present the topic participation or participative management in the organizational environment from a Tragtenbergian perspective, in which the subject is often dealt with like in the story “Alice in Wonderland”. This is because the phenomenon found in the cooperative, at least with regard the organizational practices, illustrates the critical thinking of Tragtenbergconcerning participation practices used as mere managerial tools. In order to explain the case, we have intercalated the empirical study with the theory to facilitate comprehension on the part of the reader, as well as avoid unnecessary fragmentation between the theory and the practice. Key words: Organizational practices. Worker-recovered company. Participation.

* Doutora em Administração peloPrograma de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – PPGA/EA/UFRGS. Professora e Pesquisadora do Departamento de Administração da Universidade Federal Fluminense – UFF. Endereço: Rua Mário Santos Braga, 30, sala 701, Campus do Valonguinho. Niterói/RJ. CEP: 24020-140. E-mail: joysimoraes@yahoo.com.br ** Doutora pelo PPGA/UFRGS. Professora Pesquisadora da EAUFRGS.eddantunes@ea.ufrgs.br *** Doutorando em Administração pelo PPGA/EA/UFRGS. E-mail: jlmdoval@gmail.com **** Mestre em Administração pelo PPGA/EA/UFRGS. E-mail: faby_cost@hotmail.com
o & s - Salvador, v.16 - n.50, p. 429-445 - Julho/Setembro - 2009
www.revistaoes.ufba.br

429

D

Joysi Moraes, Elaine Di Diego Antunes, Jorge Luis Moraes Doval & Fabiane Costa e Silva

Introdução

esde meadosda década de 1990, na América Latina, uma grande quantidade de empresas foi recuperada por seus trabalhadores com o objetivo principal de defender suas fontes de trabalho (FAJN, 2004). Esse fenômeno ocorreu em resposta aos altos índices de desemprego decorrentes do fechamento de empresas devido à crise do sistema capitalista, que cada vez mais inviabilizava as condições de produção e reprodução...
tracking img