• Alguns conceitos importantes: pobreza, desigualdade, vulnerabilidade e risco, direitos e política pública

Considerando que a partir da Constituição de 1988, o Estado Brasileiro assume a responsabilidade de enfrentar a pobreza e a desigualdade existente no país, precisamos entender um pouco sobre o debateconceitual e ideológico sobre o que é pobreza e desigualdade.
 Pobreza: Consenso geral entre os estudiosos, que pobreza não se limita apenas por uma questão de renda, a renda pode ser consideradauma boa medida para apreendermos outras carências. Neste sentido, uma pessoa ou família pode ser considerada pobre quando vive numa situação de privação de renda e também de outros recursos necessáriospara obter uma situação de vida que permita que ela desempenhe seus papéis, cumpra seus deveres, participe das relações sociais e compartilhe costumes da sociedade em que vive. Por exemplo,insuficiência de alimentos, de bens, de serviços e de lazer.
No entanto, é importante determinar a renda abaixo da qual a família ou indivíduo é considerado pobre, neste sentido, são definidas duas linhas depobreza para definir famílias extremamente pobres das famílias pobres:
 Extremamente pobres: Considera uma renda que permita atender apenas as necessidades mínimas associadas ao consumo de alimentosnecessários para manter o gasto calórico suficiente para a sobrevivência da família. No Brasil, para ter direito ao BPC a renda familiar per capita deve ser inferior a 1/4 de salário mínimo, ou seja,considerando o atual salário mínimo de R$622,00 a per capita seria de R$ 155,50
 Pobres: Além de permitir o consumo de alimentos necessários para manter a família, considera também a satisfação denecessidades básicas, tais como moradia, transporte, saúde e educação.
 Desigualdade: Tal como pobreza, é passível de mensuração. Além da renda, a desigualdade também se expressa em outrasdimensões, tais como território, etnia e gênero. Sob a ótica da renda, a partir de comparações entre extremos da distribuição de renda, demonstramos uma das formas de desigualdade. No Brasil, para medir...