Alcoolismo no trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1623 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
POLITEC

ALCOOLISMO NO CANTEIRO DE OBRAS

NOME DO ALUNO

Ailton
Bruno Sampaio
Hitala Brito
Jefferson
Jose Brasileiro
Marciane
Leonardo Morales
Ricardo Alburqueque
Thiago Itallo
Tiago Sampaio


RECIFE
2011
NOME DO ALUNO

ALCOOLISMO NO CANTEIRO DE OBRAS

Projeto apresentado como instrumento de avaliação final da disciplina Metodologia de Pesquisa, ministrada peloProf. Ricardo Andrade.

RECIFE
2011

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO........................................................................................................04
2 JUSTIFICATIVA......................................................................................................05
3OBJETIVOS............................................................................................................07
Geral................................................................................................................07
Específicos.......................................................................................................07
4 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA...............................................................................08
5HIPÓTESES............................................................................................................10
6 METODOLOGIA......................................................................................................11
7 CRONOGRAMA......................................................................................................12
8REFERÊNCIAS.......................................................................................................13

1 - INTRODUÇÃO
O alcoolismo é um problema grave no mundo todo, mas no Brasil assume contornos perigosos em especial na construção civil, que lida com materiais e equipamentos caros e pesados, com risco iminente à integridade física não só do operário mas também de todos os que lá estão.
Mais de 10% da população brasileira é alcoólatra onde sua grandemaioria é constituída de jovens, sendo assim as campanhas de conscientização não devem ficar apenas ligados a ações de responsabilidade social dos publicitários ou empresas do setor de bebidas.
Para se pensar a começar a mudar este quadro se faz necessário diversas medidas nos diversos setores da sociedade, como o aumento do custo das bebidas,veicular propagandas e fiscalizações serias embares e restaurantes.
Para Ana Cecília Petta, presidente da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead), excluir os comerciais e aumentar os preços não é suficiente,deve – se educar e investir nessa questão, tornando esta atitude um processo de à longo prazo.
O uso do álcool é um hábito que pode virar doença, resultando em baixa produtividade, má qualidadedo trabalho executado, faltas e atrasos ao serviço, discussões e brigas.
Todos estes fatores podem ser indicativos do uso de álcool no trabalho. Como toda doença, o alcoolismo deve ser tratado o quanto antes, em especial na construção civil que é repleta de situações de risco, até mesmo para quem está sóbrio, imagine então para alguém que está “com umas a mais”.

2 - JUSTIFICATIVA

Deacordo com alguns arquivos arqueológicos, estima - se que o ser humano consome o álcool a aproximadamente a 10.000 anos. Em seu primeiro momento, elas eram produzidas apenas pela fermentação e, por isso, tinham um baixo teor alcoólico.
A partir da Revolução Industrial e o surgimento das bebidas destiladas, a bebida passou a ser produzida em série, aumentando consideravelmente o número deconsumidores e, gerando os primeiros problemas sociais causados pelo abuso no consumo do álcool.
Já no século 20, vários países começam a estabelecer a maioridade de 18 anos para o consumo de álcool, e o estado Americano decreta a Lei Seca que teve duração de quase 12 anos.
Em 1952 com a primeira edição do DSM-I (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders) foi que o...
tracking img