Africa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3710 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CAIO CESAR MACHADO VIEIRA
MARCO ANTONIO DE ANDRADE
PHILIPE SILVA DOS SANTOS
RODRIGO CAROLINO



Pan-africanismo e libertação







Rio de Janeiro
Junho de 2012

Centro Universitário Augusto Motta

Pan-africanismo e libertação
O desenvolvimento do Pan-Africanismo, como movimento de integração teve alguns sucessos no final dos anos 50 e início dos 60, mas também sofreuderrotas a partir dos meados dos anos 60 e a partir dos anos 70 demonstrou um forte impulso. O Pan-Africanismo como movimento de libertação alcançou o seu apogeu nos seus primeiros dez anos posteriores à conquista da independência pela África. Porém este período exauriu-se no final dos anos 60.
Após a conquista da independência, o princípio unificado do Pan-Africanismo, a vontade de lutarcontra as potências coloniais, enfraqueceu-se em alguns estados africanos.
O Pan-Africanismo nasceu no novo mundo nos séculos XVIII e XIX, em favor da luta dos negros pela libertação, contra a dominação e a exploração dos brancos. Este movimento traduziu-se pelo separatismo religioso afro-americano. No próprio continente africano, o Pan-Africanismo, como movimento de libertação remota, àinvasão da Etiópia pelos fascistas italianos em 1935.
Em Outubro de 1945 no quinto congresso pan-africano reunido em Manchester, pela primeira vez, durante toda a história do movimento pan-africano, os representantes africanos eram os mais numerosos e os debates envolveram, essencialmente, a libertação da África colonizada. O congresso agregou mais de duzentos delegados vindos em grande maioriadas colônias britânicas na África, entre os quais figuraram os futuros chefes de Estado independentes. As deliberações e principalmente as resoluções do congresso de Manchester estavam marcadas por um tom mais radical em comparação aos congressos anteriores, as declarações dirigidas às potências coloniais exigiam especialmente:

1- A emancipação e a total independência dos africanos e dos outrosgrupos raciais dominados pelas potencias europeias que pretendiam exercer um poder soberano e um direto de tutela.
2- A revogação de imediata de todas as leis raciais e outras leis discriminatórias.
3- A liberdade de expressão, de associação e de reunião e a liberdade de imprensa.
4- A abolição do trabalho forçado e a igualdade de salários para um trabalho equivalente.
5- O direito de voto ede se eleger para todo homem e mulher com mais de vinte e um anos.
6- O acesso a todos o cidadãos á assistência medica, segurança e educação.

Os representantes exigiam igualmente que a África se livrasse da “dominação política e econômica dos imperialismos estrangeiro”. Este evento foi muito importante levando em consideração que pela primeira vez os africanos de maneira formal advertiamas potenciam europeias, deixando a entender que se persistir em querer governar a África pela força, também recorreriam à força para se libertarem, de forma simultânea declaram ao povo africano enfatizando que a luta pela independência política seria a primeira fase para atingir a completa emancipação nas esferas econômicas, cultural e psicológica. Eles exortaram a população das cidades e doscampos, os intelectuais, e os profissionais liberais se unirem e organiza-se e lutarem pela sua independência absoluta.
Em resumo o 5º congresso tornou o Pan-Africanismo uma ideologia de massas, feitas pelos africanos e em seu próprio favor. Inicialmente era uma ideologia reformista e protestante em favor da população de origem africana, e habitantes da América. O Pan-Africanismo torna-se umaideologia nacionalista orientando a libertação do continente africano. Todos os movimentos nacionalistas escreveram os seus estatutos inspirados pelo Pan-Africanismo.


O Pan-Africanismo e a libertação da África

Na história do Pan-Africanismo, como movimento de libertação no período entre 50-65 foi dominado pela figura de Kwane Nkrumar, através de suas declarações, ações e exemplo,...
tracking img