Afogamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE PRIMEIROS SOCORROS







[pic]







AFOGAMENTO



Introdução
O afogamento é uma das doenças de maior impacto na saúde e na economia do mundo. De acordo com a OMS, 0,7% de todos os óbitos no mundo ocorrem por afogamento não intencional, perfazendo mais de 500.000 (8.5 óbitos/100.000 hab.) óbitos anuais passiveis de prevenção. Entretanto o número exato édesconhecido em razão de casos não notificados, sem confirmação de óbito. A incidência predomina em regiões e países de baixo poder aquisitivo e renda per-capita. Como o Código Internacional de Doenças (CID 10) é ainda inadequadamente preenchido e possui falhas na identificação correta do problema, estes números são ainda subestimados, mesmo em países desenvolvidos. Afogamentos por enchentes e Tsunamisnão são muitas vezes contabilizados como afogamento.
No mundo, homens se afogam e morrem em média cinco vezes mais que as mulheres. O afogamento é a maior causa de óbito em homens de 5 a 14 anos e a 5ª entre mulheres. Na China é a primeira causa de óbito na faixa de 5 a 14 anos de idade. Nos EUA é a segunda causa de morte não intencional na faixa de 1 a 14 anos de idade. Emcrianças de 1 a 4 anos, o afogamento é a segunda causa externa de morte na África do Sul e a primeira na Austrália.

[pic]

Afogamento no Brasil
De acordo com o DATASUS - 2012 Em 2009 (ultimo ano disponível no banco de dados) 7.152 brasileiros (3.7/100.000 hab.) morreram afogados em nossas águas. Dentre estes, 87% por causas não intencionais (3.2/100.000 hab.) e 2,74% por causas intencionais.NÃO INTENCIONAL (87%) INTENCIONAL (3%)

W65 - Afogamento em banheira – 0,14% Suicídio – 1,84%
W66 - Afogamento por queda em banheira – 0,15% Homicídio – 0,91%
W67 - Afogamento em piscina – 1,36%
W68 - Afogamento por queda em piscina – 0,78%
W69 - Afogamento em águas naturais –45,2%
W70 - Afogamento por queda em águas naturais – 3,83%
W73 - Outros afogamentos específicos – 2,74%
W74 - Afogamento não especificado – 31,3%

INTENÇÃO DESCONHECIDA (10%)

V90 – Acidente com embarcação provocando afogamento – 0,78
V92 – Afogamento durante transporte sem acidente c/ embarcação – 0,32%
Conceito
Afogamento é definido como resultado de asfixia devido à aspiração de líquidopor imersão ou submersão, dificultando parcialmente ou por completo a ventilação ou a troca de oxigênio com o ar atmosférico, a aspiração de líquido refere-se à entrada de água em vias aéreas (traquéia, brônquios ou pulmões), e não deve ser confundido com "engolir água".
Tipos de Afogamento
Conforme o passar do tempo, os afogamentos foram divididos em diversos tipos: afogamento seco e molhado,afogamento passivo e ativo, afogamento silencioso e afogamento secundário. Nos dias atuais o Comitê Internacional de Reanimação (ILCOR) recomenda que não mais seja usado nenhum desses termos. Hoje os afogamentos são divididos em dois tipos: por imersão ou submersão.
Afogamento por Imersão
É aquele em que a face e as vias aéreas devem estar imersas na água ou em outro líquido.

[pic]Afogamento por Submersão
É aquele em que todo o corpo, incluindo as vias aéreas, deve estar abaixo da água ou outro líquido.

[pic]

Classificação do Afogamento
Os afogamentos são classificados quanto ao tipo de água (importante para campanhas de prevenção), e quanto à causa do afogamento (identifica a doença associada ao afogamento).
Quanto ao tipo de água:
• Afogamento em água Doce: piscinas,rios, lagos ou tanques;
• Afogamento em água Salgada: mar;
• Afogamento em água salobra: encontro de água doce com o mar;
• Afogamento em outros líquidos não corporais: tanque de óleo ou outro material e outros.

Quanto à causa do afogamento:
A causa do afogamento se divide em dois tipos: afogamento primário e afogamento secundário.
Afogamento primário
É quando não existem indícios de uma...
tracking img