Adoniran barbosa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (757 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ADONIRAN BARBOSA (1910 – 1982)
Adoniran Barbosa, na verdade João Rubinato, (Valinhos, 6 de agosto de 1910 — São Paulo, 23 de novembro de 1982) foi um compositor, cantor, humorista e atorbrasileiro. Era filho de Ferdinando e Emma Rubinato, imigrantes italianos de uma província de Veneza. Aos dez anos de idade sua certidão de nascimento foi adulterada para que o ano de nascimento constassecomo 1910 quando na verdade, havia nascido em 1912, possibilitando que ele trabalhasse de forma legalizada, pois na época a idade para trabalhar era doze anos.
Os Demônios da Garoa foramgrandes intérpretes de suas composições, principalmente os sambas que citavam vários locais da cidade conhecido dos paulistanos. Elis Regina gravou Iracema e Tiro ao Álvaro, pouco antes do falecimento deambos. Considerado o mais importante nome do samba paulistano, Adoniran retratou a capital e seus papeis, utilizando-se do "palavreado do povo" paulistano de ascendência italiana, exagerando nos errosde português.
No rádio ficou famoso seu personagem Charutinho. Fez filmes nos anos 50 e 60, um longa-metragem e participou como ator nos anos 70.

PRINCIPAIS OBRAS

• Malvina, 1951• Saudosa maloca, 1951
• Joga a chave, 1952
• Samba do Arnesto, 1953
• As mariposas, 1955
• Iracema, Adoniran Barbosa, 1956
• Apaga o fogo Mané, 1956
• Bom-dia tristeza,1958
• Abrigo de vagabundo, 1959
• No morro da Casa Verde, 1959
• Prova de carinho, 1960
• Tiro ao Álvaro, 1960
• Luz da light, 1964
• Trem das onze, 1964
• Trem dasOnze com Demônios da Garoa, 1964
• Aguenta a mão, 1965
• Samba italiano, 1965
• Tocar na banda, 1965
• Pafunça, 1965
• O casamento do Moacir, 1967
• Mulher, patrão ecachaça, 1968
• Vila Esperança, 1968
• Despejo na favela, 1969
• Fica mais um pouco, amor, 1975
• Acende o candeeiro, 1972

ANÁLISE DAS MÚSICAS

Iracema
Adoniran Barbosa...
tracking img