Acidentes de trabalho no corte manual da cana-de-açúcar: estratégias para o trabalho do assistente social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3393 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Acidentes de trabalho no corte manual da cana-de-açúcar: estratégias para o trabalho do assistente social. Tais Pereira de Freitas, Assistente Social, Mestre em Serviço Social pela UNESP Franca.

ACIDENTES DE TRABALHO NO CORTE MANUAL DA CANA-DE-AÇÚCAR: ESTRATÉGIAS PARA O TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL

RESUMO: O trabalhador empregado no corte manual da cana-de-açúcar encontra-se exposto acondições de trabalho que podem ser consideradas insalubres e onde os riscos de acidentes e adoecimentos são constantes. O presente artigo pretende ater-se a reflexão acerca dos acidentes de trabalho no corte manual da cana e as estratégias encontradas pelo Serviço Social para o trabalho profissional, tanto na prevenção destes acidentes como na intervenção em casos onde já ocorreu o acidente ouadoecimento.
Palavras-chave: corte manual da cana-de-açúcar, acidentes de trabalho, Serviço Social

ABSTRACT: The worker employed in a manual cutting of sugar cane is exposed to terms of work that can be considered unhealthy and where the risk of accidents and illnesses are usual. This present article pretend to stick to work accidents in the manual cutting of sugar cane and the strategies findby the Social Work for the work much to prevent these accidents, as has in the intervention where the accident or illness already occurred.
Keywords: manual cutting of sugar cane, work accidents and Social Work.

1. Introdução
A indústria da cana-de-açúcar desenvolveu-se amplamente nas últimas décadas, especialmente no estado de São Paulo, região de Ribeirão Preto. Os últimos anos têm sidomarcados pelo avanço da colheita mecanizada, principalmente devido ao “Protocolo agro-ambiental do setor Sucro-alcoleiro Paulista”, assinado em Junho de 2007 pelo Governo Estadual Paulista e representantes do setor e que assinala para 2014 o fim da queima da palha da cana em algumas áreas e para 2017 a eliminação total da queima da palha da cana, o que na prática significa o fim da colheita manual.Contudo, apesar do aumento das áreas colhidas mecanicamente, o corte manual da cana ainda emprega milhares de trabalhadores. Dessa forma as condições de trabalho neste setor ainda chamam atenção e são passíveis de intervenção. Exemplo disso é o “Compromisso Nacional para aperfeiçoar as condições de trabalho no corte manual da cana-de-açúcar”, assinado em Junho de 2009 pelo Governo Federal ediversos representantes tanto da agroindústria, como dos trabalhadores. O termo desse compromisso destaca a importância da saúde e segurança do trabalho, indicando a necessidade de desenvolvimento de práticas como fornecimento de EPIs, orientação sobre a maneira correta de uso desses EPIs, além da melhoria nas condições de trabalho no dia-a-dia. É importante ainda pontuar que o termo desseCompromisso aponta também para a responsabilidade do Estado no que diz respeito à implantação de ações que tenham como alvo o trabalhador empregado no corte manual da cana-de-açúcar , seja em relação a políticas públicas para alfabetização e elevação da escolaridade, seja em relação a serviços sociais nas regiões de emigração dos trabalhadores, ou mesmo a qualificação e requalificação dostrabalhadores tendo em vista sua reinserção no mercado de trabalho. Considerando o destaque da agroindústria canavieira na região de Ribeirão Preto e a importância da realidade regional para o Serviço Social, pode-se falar nesta realidade do trabalho no corte manual da cana-de-açúcar como um espaço de trabalho para o Serviço Social. De acordo com pesquisa realizada em 2009 (FREITAS, 2009) as usinas edestilarias localizadas na região de Ribeirão Preto processaram na safra 2008/2009 o equivalente a 28% de toda a produção do estado de São Paulo, que por sua vez respondeu por aproximadamente metade de toda a produção nacional nesta mesma safra. Contudo as questões envolvendo o trabalhador empregado no corte manual da cana-de-açúcar só ganham destaque quando acontecem mortes nos...
tracking img