Abuso sexual infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1743 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1-INTRODUÇÃO

Adolescência

A adolescência, afirma o psicólogo Piaget (2005), é o período que desagrega a infância da idade adulta, em que se passa uma crise passageira devido à maturação do instinto sexual, ou seja, a adolescência é marcada por desequilíbrio instantâneo.

O Pensamento E suas Operações.

Segundo Piaget (2005), os adolescentes possuem capacidadede construir seus sistemas e teorias. Aproximadamente entre onze anos realiza-se uma transformação essencial na vida dele, isto é, passagem do pensamento concreto para o formal, ou seja, hipotético dedutivo em o adolescente é capaz de deduzir conclusões através de hipóteses, sem recorrer à manipulação de objeto, que é de suma importância e que torna possível a construção dos sistemas quecaracterizam adolescência.
As operações formais fornecem o pensamento um novo poder, que consiste em destacá-lo e libertá-lo do real, permitindo o adolescente construir a seu modo as reflexões e teorias.
De acordo com o autor, um esplêndido destaque dessa fase é o livre desempenho da reflexão espontânea, que logo após surge o egocentrismo intelectual, que a atribuição de um poderilimitado ao seu pensamento, crê em sua onipotência de reflexão acreditando-se que é capaz de resolver todos os problemas que aparece, considerando suas idéias as mais corretas, acha que o mundo deve se submeter aos seus sistemas e não o sistema à realidade.

Para Piaget:

O equilíbrio é atingido quando a reflexão compreende que sua função não é contradizer, mais, se adiantar einterpretar a experiência. Este equilíbrio.

Então, ultrapassa amplamente o do pensamento concreto, pois além, do
mundo real, engloba as construções indefinidas da dedução racional e da vida interior (PIAGET, 2005. P. 61)

O autor conclui que toda nova capacidade mental começa por incorporar o mundo em uma assimilação egocêntrica e posteriormente atingi o equilíbrio.

APersonalidade do Adolescente no Mundo Social dos Adultos

Piaget (2005) afirma que a personalidade procede da submissão do eu a uma disciplina qualquer, para ele a personalidade se insere com o termino da infância e inicio da adolescência (oito a doze anos) em que há livre e espontânea vontade da submissão às regras, valores e afirmações das vontades, adquirindo-se a capacidade de avaliar ossistemas sociais e propor novos códigos de condutas, discute os valores formais dos adultos e constroem seus próprios valores.
No mesmo momento que têm sentimentos generosos, colocando os sentimentos alheios acima do seu próprio, têm-se também a mania de grandeza.
Na cooperação social e a valorização do eu, insere-se também as transformações do sentimento religioso, para Piaget oadolescente se atribui o cargo de Salvador da humanidade, ou seja, considera-se capaz de planejar um futuro glorioso para o mundo, através de sua crença numa doutrina religiosa faz um pacto com Deus, não em troca de recompensa, mas com intuito de defender a causa a que se propõe.
Na vida social, o adolescente passa por uma fase de interiorização de valores, conceitos e umauto-conhecimento, por isso condena e despreza a sociedade como ela é, achando que a mesma deve se conduzir a sua maneira.
Henri Wallon concorda com Piaget, para ele a adolescência, inicia aos doze anos com a puberdade, é marcada por transformações de ordem fisiológica, mudanças corporais impostas
pelo amadurecimento sexual, assim como transformações de ordem psíquica com influência afetiva, surgeuma grande necessidade de uma nova definição dos contornos da personalidade.
O adolescente no mundo social e cultural se engrandece, tornam-se intolerantes em relação às regras e ao controle pelos pais (Wallon, 1995).

Dos Direitos Assegurados a Criança e ao Adolescente

A Constituição Federal, segundo a Advogada Prado, ampara as crianças e adolescentes no seu artigo 227, no...
tracking img