Aborto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7925 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ABORTO

ADRIANO AUGUSTO SOUZA DA SILVA

RESUMO
O tema do aborto é, dentre a totalidade das situações analisadas pela Bioética, aquele sobre o qual mais se tem escrito, debatido e realizado congressos científicos e discussões públicas. Isso não significa, no entanto, que tenham ocorrido avanços substanciais sobre a questão nestes últimos anos ou mesmo que se tenham alcançado algunsconsensos morais democráticos, ainda que temporários, para o problema. Ao contrário. A problemática do aborto é um exemplo nítido tanto da dificuldade de se estabelecer diálogos sociais frente a posições morais distintas quanto do obstáculo em se criar um discurso acadêmico independente sobre a questão, uma vez que a paixão argumentativa é a tônica dos escritos sobre o mesmo. Para um não-iniciado, amaior dificuldade ao ser apresentado à literatura relativa ao aborto é discernir quais são os argumentos filosóficos e científicos consistentes dentre a infinidade de manipulações retóricas que visam apenas arrebatar multidões para o campo de batalha travado sobre o aborto.
Nesse contexto, não é tarefa fácil apresentar um panorama dos estudos bioéticospertinentes ao assunto. Misturam-se textos acadêmicos, políticos e religiosos, e selecionar quais os mais significativos parece ser sempre uma tarefa injusta. 

PALAVRAS - CHAVES: Diálogos Sociais, Bioética, Aborto e Moral.

____________________________________________________________

____________
Arthur Alexandre Barros – Professor da (UNISULMA) Unidade de Ensino Superior do Sul do Maranhão;Ministra a Matéria de Filosofia do Direito.

INTRODUÇÃO
A questão do aborto vem sendo debatida ao longo das eras, no entanto, é sempre atual polêmica, complexa e envolve aspectos da mais alta indagação, já que, a discussão engloba campos distintos, tais como: a ética, a moral, a medicina, o direito, a religião, os costumes e a filosofia.
Etimologicamente a palavra aborto, isto é, o termo"ab-ortus", traduz a idéia de privar do nascimento, vez que, "Ab" equivale à privação e "ortus" a nascimento. Entretanto, o termo aborto provém do latim "aboriri", significando "separar do lugar adequado", e conceitualmente é "a interrupção da gravidez com ou sem a expulsão do feto, resultando na morte do nascituro"

1. Os argumentos da inevitabilidade e da dignidade
Comecemos então por analisardois maus argumentos frequentemente apresentados em. O primeiro é a favor da legalização do aborto; o segundo é contra.
Primeiro, temos o argumento de que continuarão a ser realizados abortos, quer o aborto seja descriminalizado ou não, pelo que mais vale descriminalizar e, deste modo, fornecer melhores condições às mulheres que desejem abortar. A resposta óbvia ao argumento é: roubar é crime, mashá roubos na mesma. Por isso, o melhor é descriminalizar o roubo e, deste modo, fornecer melhores condições aos pobres ladrões, para que não rasguem as calças no arame farpado nem incorram no risco de tropeçar e partir uma perna quando fogem da polícia. A resposta será obviamente: "estás a ser tremendamente injusto — o aborto e o roubo são coisas completamente diferentes". Mas é claro que são;ninguém está a dizer o contrário. O ponto é simplesmente o de que, se achamos que o argumento de que "as pessoas fá-lo-iam na mesma" não é por si só, justificação suficiente para descriminalizar o roubo, então também não poderá ser por si só, justificação suficiente para descriminalizar o que quer que seja, aborto incluído. Aquilo que se passa é que, ao usar este argumento de que "as pessoas fá-lo-iamna mesma", os defensores da legalização do aborto estão implicitamente a partir do princípio de que o roubo é eticamente incorreto, ao passo que o aborto, se não eticamente correto, será, pelo menos, eticamente permissível. Assim que nos apercebemos disto, vê-se claramente que, ao usar o argumento de que "as pessoas fá-lo-iam na mesma" para tentar justificar a legalização do aborto, os...
tracking img